Técnico em Finanças será o primeiro curso da Escola Técnica do Guará

Por Zuleika Lopes – Previsto para ser entregue apenas no primeiro semestre de 2017, o Centro Profissionalizante Articulado do Guará-Cepag, mais conhecido como Escola Técnica , ofertará para os alunos do Ensino de Jovens e Adultos, EJA, cerca de 140 vagas no curso de Técnico em Finanças no período noturno, a partir do segundo semestre do próximo ano, com 35 vagas em cada turma. Um dos grandes entraves para que a unidade escolar possa entrar em funcionamento mais rápido é a falta de verba para o mobiliário, incluindo aí os laboratórios de informática e o de enfermagem, nos quais são utilizados equipamentos de ponta e de última geração. Tanto o Governo Federal e o Governo de Brasília não possuem, no momento, o montante para a compra dos itens necessários.
O Grupo Técnico de Trabalho do Cepag realizou sua última reunião de 2016 na última terça-feira, 17. Na oportunidade foram detalhadas as determinações para a publicação do edital para chamamento público das vagas ofertadas, entre o Ensino de Jovens e Adultos Integrado (técnico e base curricular) e os chamados cursos FICs, de curta duração. Entre as deliberações do GT, composto por professores, educadores e representantes da comunidade, foi a questão da forma de entrada do aluno.
A novidade ficou por conta das cotas, que antes eram apenas para o serviço público e Universidade de Brasília. Os deficientes físicos e os negros terão 5% cada; 80% para os inscritos e 10% para sorteio destinado a comunidade e ocorrerá outro visando vagas remanescentes.
Quem se inscrever para o EJA Integrado terá que assistir, obrigatoriamente, à palestra técnica para ser contemplado. O número de vagas, 140, foi decidido para que o Cepag tenha conhecimento da real demanda da nova unidade escolar.

Ensino Médio
Os jovens e adolescentes que desejam entrar em um curso técnico em 2018 na nova unidade, nos períodos matutino e vespertino, terão que, para ter mais chances, cursar o 9º ano na Rede Pública de Ensino, onde terão neste último ano do 1º Grau suas notas avaliadas para ingresso, sendo a frequência e a nota máxima para o curso desejado como itens de desempates. Por exemplo, quem for cursar Enfermagem, precisa de boas notas na disciplina de Biologia, no último ano.
A palestra de sensibilização começará pela Gerência Regional de Ensino já em 2017 em todas as unidades escolares do Guará e Estrutural que possuem o 9ºano. Outro critério obrigatório para a seleção será assistir à palestra técnica.
Para 2018, as turmas iniciais serão de 35 alunos com 4 turmas. Serão ofertadas 80% das vagas para os Centros de Ensino Médio do Guará e 10% para cotas e 10% para sorteio na comunidade. Todas as determinações do GT ainda dependem de aprovação pelo gabinete da Secretaria de Educação do DF.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*