Ação sem planejamento da Prefeitura de Valparaíso resulta em destruição de asfalto e irrita moradores

Após quase um ano e meio da nova gestão, a cidade de Valparaíso de Goiás, hoje sob o comando do prefeito Pábio Mossoró (PSDB), continua com muitas demandas. Algumas curiosas. Uma delas trata-se da destruição do asfalto na avenida principal que passa em frente ao Hospital José Henrique de Sousa, mais conhecido como Hospital do Céu Azul.

Nas últimas semanas, todo o asfalto da avenida principal em frente ao Hospital do Céu Azul foi destruído

Por ali, em meados do último mês de agosto, uma equipe da prefeitura fez às pressas, novos retornos, consertou buracos no asfalto e chegou a fazer um balão no final da avenida, em frente a um condomínio residencial construído recentemente. A intenção, apurou na época a reportagem do Blog do Amarildo, era trazer um aspecto mais moderno para as imediações do hospital, que acabara de receber uma reforma. Mas por outro lado, não houve nenhum planejamento por parte da prefeitura, que ignorou construção de canalização de águas pluviais. Para piorar, uma antiga rede que atende precariamente o setor começou a falhar e a transbordar em frente ao hospital toda vez que chove forte. Moradores que vivem na região, mas preferem o anonimato dizem que a situação já não era boa, mas a interferência da prefeitura piorou a situação.

Balão recém construído pela prefeitura foi totalmente destruído pelas águas das chuvas: sem rede de águas pluviais

O resultado de tudo isso foi a destruição completa do asfalto de toda a avenida. Nas redes sociais e na mídia em geral, a equipe do prefeito vem divulgando com ênfase os quase R$ 10 milhões previstos para o asfalto, mas a população já questiona de que forma será feito o investimento, já que praticamente toda a cidade não tem captação de águas pluviais.

Em uma entrevista a um blog, recentemente o prefeito Pábio Mossoró chegou a comentar que novas  galerias de águas pluviais serão construídas na cidade, mas não deu nenhum detalhe dos projetos para esses investimentos, restringindo a dizer que bairros como o Jardim Oriente, assim como Cruzeiro do Sul estão entre os bairros contemplados com as futuras obras.

Parquinho recém construído pela prefeitura é outra demanda que por enquanto ficou pelo caminho: reclamação de moradores

Por outro lado, enquanto o dinheiro não chega, do ponto de vista da infraestrutura, a cidade pouco mudou desde a saída da ex-prefeita Lucimar, que perdeu as eleições sendo duramente criticada pelo atual ‘tucano’ que está no poder.

Outra demanda que chama atenção é a construção de um parquinho na Praça Central do Jardim Céu Azul. Por lá, após anunciar com estarlhardaço a obra, a prefeitura retirou os operários e até hoje o parquinho continua sem areia ou cercamento e está no meio de um lamaçal ou poeira, quando não está chovendo.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*