Administradores na era Rollemberg não serão da oposição e eleição direta pode demorar

dantasApesar de todo o esforço do governador eleito, Rodrigo Rollemberg (PSB), a escolha dos novos administradores para seu governo deve dar muito o que falar. Inicialmente, a proposta de Rollemberg é a eleição direta para a escolha. Mas isso não pode ser feito enquanto não houver uma adequação à lei, pois reza a Constituição que o DF é território indivisível, logo não pode haver eleições separadamente daquelas que escolhe os distritais, federais e o governador.

A partir de janeiro, Rollemberg terá que colocar gente nova nas administrações, incluindo o gestor. Mas não pensem que a população terá o livre arbítrio, mesmo que por meio de lideranças, escolher o administrador para cada região administrativa.

Fontes informaram a este colunista que gente (forte) ligada a Rollemberg irá apresentar à comunidade de três a quatro nomes. A partir daí, um conselho de lideranças escolhe quem se adequa mais ao cargo. No Guará, por exemplo, Marcos Dantas, o presidente do PSB-DF teria grandes chances de concorrer. Mas afirmou que este não é o seu interesse. “Quero colaborar, e posso até ajudar a indicar nomes, mas não é o meu objetivo ser administrador, pois já ocupei o cargo entre 1997 e 1998, e prefiro colaborar com  o governo de outras formas”, comentou.

Edberto Silva, o presidente do PSB da 9ª Zonal, que inclui Guará, Estrutural e  SIA, é outro que também tem chances. Ele foi o coordenador da campanha de Rollemberg no Guará. Mesmo assim, se for indicado, deve passar pelo crivo do suposto conselho para a escolha.

Apesar disso, lideranças que são consideradas oposição, como pessoas ligadas ao deputado Alírio Neto, que até então comandava a administração local tem pouca ou quase nenhuma chance de pleitear novamente o Executivo local. Mesma linha segue para partidos que fizeram oposição à candidatura de Rollemberg.

Em resumo, os novos administradores serão, no primeiro momento, pessoas ligadas ao governador ou a quem o apoia. O que configura uma mudança discreta na forma da escolha dos novos administradores antes da implantação do projeto para a escolha direta.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*