Ampliado o Supersimples a todos profissionais liberais

Item garante menor incidência de impostos para profissionais que comprovarem gastos de 28% do faturamento com folha de pagamento e pró-labore

 O Senado aprovou esta semana item no PLC 125/2015 que garante menor incidência de carga tributária dentro do sistema simplificado de impostos para os profissionais que comprovarem gastos de pelo menos 28% do seu faturamento com folha de pagamento e pró-labore. A medida favorece advogados, arquitetos, dentistas, médicos, engenheiros, a totalidade das profissões. Semana passada, o plenário aprovou emenda do senador que incluiu médicos, enfermeiros e serviços laboratoriais na tabela com menor incidência de impostos no Supersimples.

A medida foi aplaudida pelo líder do Democratas no Senado, senador Ronaldo Caiado (GO), apoiou acordo para aprovação de emenda que beneficia todas as categorias de profissionais liberais que participarem do Supersimples. “Com a medida, acabamos com as castas que eram favorecidas pela lei e demos melhores e mais justas condições para veterinários, médicos, advogados, arquitetos, e dentistas, todos os profissionais liberais. Grande vitória pela pequena empresa que luta para se manter e gerar empregos no Brasil”, opinou o senador.

Saiba mais

O PLC 125/2015 ampliou o limite de faturamento anual de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões para que uma pequena empresa seja enquadrada no Supersimples. O projeto ainda incluiu emenda, fruto de acordo do Senado com o governo, que garante melhores condições de incidência de carga tributária para todas as categorias de profissionais liberais. Se o profissional que tiver empresa conseguir comprovar que gasta, no mínimo, 28% do seu faturamento com folha de pagamento e pró-labore, será enquadrado na tabela III do Supersimples, a que dispõe de menor incidência de impostos do sistema. (Colaboração de texto e foto: Assessoria Liderança Democratas Senado)

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*