Após assumir o Progressistas no DF, Rôney Nemer diz que legenda fará 4 distritais em 2018

Zuleika Lopes – Eleito deputado federal nas últimas eleições do Distrito Federal, Roney Nemer (Progressistas) é um nome forte quando se trata de reunir lideranças nas cidades para debater os problemas locais. Arquiteto e urbanista, concursado pelo GDF, despontou para a política partidária nos anos 90, pelas mãos do então todo poderoso Tadeu Filippelli, e sempre conseguiu boas votações para deputado distrital, tendo como base eleitoral a Igreja Católica, e ampliou seus horizontes eleitorais com uma forte atuação nas cidades mais carentes de infraestrutura como o Recanto das Emas, Samambaia e Planaltina. Na política, deu mais um passo à frente ao assumir comando do Progressistas (antigo PP).

Rôney Nemer durante debate no Guará no último domingo (3)

Recentemente, passou pela perda de seu pai, que morava na QE 17 do Guará II, onde passou a conviver com mais frequência para acompanha-lo nos meses finais de sua doença. Passada a fase difícil, voltou com toda a carga para as suas bases eleitorais e tem grandes planos para o Progressista, partido do qual é presidente. Uma de suas definições é que concorrerá à reeleição a Câmara dos Deputados para poder orientar os pré-candidatos a deputados distritais em 2018. “Queremos ter em 2019, de 4 a 5 deputados na Câmara Legislativa para termos uma bancada forte. Atualmente não temos nenhum representante no parlamento local. Estamos com uma grande nominata excelente de pré-candidatos nas cidades, são pessoas novas”, argumenta Roney Nemer.

Questionado pela reportagem se a Câmara dos Deputados o afasta de seus eleitores do DF, Nemer esclarece que não. “Fica distante se a pessoa se acomodar. Faço caravanas nas cidades, sou bem zapeiro, não mudei meu telefone. Sempre atendo e respondo a todos. Se não vão me procurar, eu vou atrás de meus eleitores”. Mas esclarece que no gabinete poucas pessoas o procuram na condição de eleitor.

Como federal, o parlamentar esclarece que destinou várias emendas para solucionar gargalos locais que não foram executadas e poucas tiveram resultados. Estamos, atualmente, com uma total falta de gestão.

Na agricultura tivemos bons resultados como a compra de carros para a Emater-DF, para que a equipe possa visitar o campo e levar informações aos agricultores. Patrulhas motomecanizadas para a associação de agricultores. Porque o grande produtor ele compra equipamentos. Os pequenos se juntam em associações para conseguir algum benefício na compra das máquinas”.

“Na área da Saúde destinamos 22 milhões que não se efetivou bem como 1 milhão e meio na Cultura e 8 milhões na Educação, 5 milhões para a Segurança Pública, sozinho. Com a bancada do DF, colocamos 131 milhões para construir escolas que, também, não foi efetivada. O segundo bloco do Hospital do Câncer, também teve emenda de bancada, que com muito esforço dos parlamentares federais, está sendo concretizado. Muitos projetos não saem do papel no atual governo”.

Nemer explica que, em 2017 usou de estratégias diferentes na área da Saúde. “Visitei, pessoalmente, todos os hospitais do Distrito Federal e conversei com cada gestor para saber das necessidades de cada unidade de saúde. Ao invés de destinar emendas para a Secretaria de Saúde, eu destinei direto para os hospitais. O ministério da Saúde destinou um recurso extra e, conseguimos indicar para o Hospital de Base, que deu certo. Então, decidi usar da mesma estratégia para os outros hospitais. Para o hospital do Guará, a ser executada em 2018, foram destinados R$ 420 mil, atendendo solicitações de lideranças comunitárias, diretoria e funcionários do HRGU, em reunião no mês de setembro. Entre os novos equipamentos estão à compra de três novos ar condicionados; 25 cadeiras de rodas; 15 cadeiras de banho; 1 refrigerador para conservação de medicamento, dentre outros”, esclareceu o federal.

 

Mulheres  do Guará

A reunião do Partido Progressista no Guará, que ocorreu no domingo, dia 3 de dezembro, no Lions Clube, revelou nomes fortes de mulheres que são pré-candidatas a distrital. Entre elas, a ciclista Vania Gurgel e Gódiva Félix, ativista em prol da mulher. Ambas são moradoras da cidade e pretendem lutar por melhorias nas áreas de saúde, educação, segurança pública e por mais creches. Outro pré-candidato do Guará é o conselheiro tutelar e bombeiro, Jeferson Maximino, que já tentou chegar à Câmara Legislativa em 2014. Roney Nemer conclamou as mais de 100 pessoas presentes que o PP é um partido do bem e quer o melhor para  Brasília, e necessita de mais filiações.

Entre as lideranças que usaram da palavra se destaca a da professora Maria da Guia Lima Cruz, ex-distrital e atuante na área educacional; Getúlio, ambientalista e ativista do Parque Ecológico Ezechias Heringer; e Adilson Bonfim, que falou das dificuldades de um projeto social desenvolvido na QI 05, com meninos de 7 a 17 anos. O empresário Olair Francisco, ex- deputado distrital, ao usar da palavra falou de obras importantes para diminuir os gargalos do trânsito do Distrito Federal, como a ampliação do Metrô-DF e a Interbairros, que em sua opinião é urgente sua construção.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*