Após intensa polêmica sobre suposta venda da rede, unidade do Super Maia da QE 17 do Guará é fechada

Menos de uma semana após a intensa repercussão de uma notícia em site do DF, que apontava suposta prisão dos donos do Super Maia por crimes fiscais, tema desmentido pela própria direção, que afirmou que ninguém foi preso, mais uma novidade. Na manhã desta quarta-feira (8), a unidade da rede na QE 17 do Guará II amanheceu fechada. Na fachada, apenas os seguintes dizeres por meio de uma faixa: “Prezados clientes, é sempre uma honra atende-los e temos com nossa premissa é servi-los da melhor maneira. Para tanto, nosso SUPERMAIA estará se adaptando  e se reestruturando para satisfazê-los com excelência. Em breve, voltaremos com nossas atividades. Só temos a agradecer pela preferência e carinho com SUPERMAIA (A diretoria).”

Na semana passada, a reportagem ouviu José Fagundes, o proprietário, que afirmou que venderia parte das lojas, mas não informou se pretendia fechar alguma delas, como o que ocorre na QE 17.

PUBLICIDADE

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*