Após mais uma vitória na Justiça, Elvis Santos retorna ao Legislativo de Valparaíso na quarta (16)

A longa batalha do vereador Elvis Santos (SD) para se manter no cargo de vereador de Valparaíso de Goiás teve mais uma vez um final feliz para o parlamentar. No último dia 10, os desembargadores do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) julgou o processo movido pelo Ministério Público de Goiás onde acusava o vereador de supostas irregularidades na ação de compra do atual prédio do Legislativo. Antes, dessa ação,  o parlamentar já havia sido absolvido em processo semelhante.

O processo demorou quase 200 dias para ser julgado, tempo este em que o vereador também foi proibido de exercer seu mandato. Mas a espera acabou após a interpretação unânime dos desembargadores do TJGO de que o processo não tinha embasamento legal para que Elvis pudesse ser condenado. Com isso, o vereador do Solidariedade deve retornar ao Legislativo na próxima quarta-feira (16).

Agora, além de poder votar nos principais projetos em andamento na Casa, Elvis também deverá ser peça importante na composição dos vereadores que vão eleger o novo presidente da Câmara para o ano de 2020. Hoje, até o momento, o vereador Zé Antônio (MDB) tem vitória tranquila, supostamente com 7 votos em seu favor. Mas resta saber como fica a composição com a entrada de Elvis, que poderia, mesmo que improvável, alterar o quadro. Ou se permanece como está, caso Elvis venha a apoiar o mdbista.

À reportagem do Blog do Amarildo, Elvis Santos disse que a vitória mais uma vez no TJGO não é uma vitória sua, mas sim, do povo de Valparaíso de Goiás, que com mais esse julgamento, está conhecendo a verdade dos fatos. “Nunca agi para prejudicar ninguém, a transferência da antiga sede da Câmara para o atual prédio só trouxe benefícios para a cidade, e estou muito feliz em ter sido a peça-chave para essa conquista”, comentou.

Elvis ainda reafirmou ao Blog do Amarildo que sua pré-candidatura a prefeito de Valparaíso de Goiás continua confirmadíssima. No entanto, a composição de sua chapa ainda será discutida ao longo dos próximos meses.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*