Após nova pesquisa divulgada, cientista político analisa oscilação de percentual entre os candidatos ao GDF

A pesquisa publicada pelo Correio Braziliense nesta quarta-feira (26) demonstra que a corrida ao Governo do Distrito Federal está cada vez mais acirrada. Encomendada pelo próprio jornal e realizada pelo Instituto de Opinião Pública, os dados apontam um recuo no percentual de Eliana Pedrosa (Pros), agora com 17,0%. Já Ibaneis Rocha (MDB) aparece com 16,1% e continua em constante ascensão e já aparece como segundo colocado na briga pelo GDF. Alberto Fraga (DEM) aparece em terceiro lugar com 13,5%.

Em entrevista concedida ao Blog do Amarildo, o cientista político Rócio Barreto explica essa mudança constante de percentual entre os candidatos. “ O fato de a Eliana está em primeiro lugar representa o que a sociedade vem pedindo, que não tenha políticos profissionais e que haja mais políticos por vocação”, explica.

O cientista político Rócio Barreto explica que os eleitores não estão buscando por políticos profissionais

Barreto ainda ressalta que a frequente movimentação das mulheres na política tem contribuído para a boa colocação da candidata perante as pesquisas. “ Ela tem representado as mulheres, a família, a mãe, a vó. Isso faz com que ela se diferencie dos demais candidatos.

Já sobre Ibaneis, Barreto explica que o candidato é um rosto novo na política local.  “Como disse anteriormente, as pessoas não estão à procura de um candidato profissional. É a primeira candidatura do Ibaneis, mas ele já é bastante conhecido no mundo acadêmico e da OAB. Além disso ele custeou toda as despesas de sua campanha e tem feito questão de andar nas ruas do DF se apresentando aos eleitores ”

Sobre Alberto Fraga, o cientista político explica que a tendência é que ele recue ainda mais nas próximas pesquisas. “ Essa pesquisa foi realizada antes do candidato Alberto Fraga ser condenado. Eu creio que ele vai baixar ainda mais os índices de intenção de votos, apesar das pessoas enxergaram no Fraga um candidato que pode resolver a questão da segurança pública do DF por ser um militar reformado ”, conta.

Os apoiadores de Fraga vêem a condenação em primeira instância do candidato como perseguição política, e acreditam que ele vai reverter a situação.

PUBLICIDADE

 

 

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*