Bandidos clonam celular de ex-presidente da Câmara de Valparaíso e dão golpe em vereadores

O telefone celular do vereador Alceu Gomes (PSDC) de Valparaíso de Goiás (GO) foi clonado por bandidos. Os criminosos, se passando por Alceu, usaram o WhatsApp do ex-presidente da Câmara de Vereadores do município para pedir dinheiro e depois concretizar o golpe. Pelo menos, segundo apurou o Blog do Amarildo, seis pessoas caíram na armadilha.  As quantias levadas pelos golpistas variam de R$ 500 a R$ 4 mil. A polícia já identificou que entre as vítimas dois são vereadores. De acordo com o vereador, a operadora já recuperou a linha, mas não o do aplicativo.

Como evitar que seu celular seja clonado 

Hoje em dia, não é incomum se ver vítima de estelionatários cada vez mais criativos e sofisticados em seus golpes. Por isso, atenção e segurança são quesitos imprescindíveis para se manter a salvo.

Amigos e familiares ligam para seu número e uma pessoa desconhecida atende a ligação? Você está com dificuldades em completar uma chamada e tem sido procurado por números desconhecidos? Ou, ainda, o valor da sua conta está incompatível com o uso do aparelho? Saiba que o seu celular, então, pode estar clonado.

Basicamente, quando um criminoso clona uma linha móvel, ele cria uma cópia fiel da legítima, compartilhando o mesmo número de discagem e de identificação da fabricante. Assim, ele pode usar e abusar do celular sem se preocupar com as contas, uma vez que elas só chegam para o dono real da linha.

Você não quer ser uma vítima desse golpe, com certeza. Então, veja, a seguir, quais procedimentos você deve adotar para evitar que seu celular seja clonado:

 Troque seu aparelho por um com tecnologia mais moderna

Esta prática acontece, de modo geral, em aparelhos pós-pagos. E é muito mais fácil clonar aparelhos celulares mais antigos, aqueles que ainda possuem tecnologia CDMA. Aqui, o criminoso usa um scanner para capturar e roubar todas as informações de aparelhos ligados nas proximidades.

Por sua vez, os modelos mais modernos que contam com tecnologia GSM são identificados pelo IMEI (Identificação Internacional de Equipamento Móvel). Isso dificulta a ação dos falsários, uma vez que só é possível clonar o celular por meio de uma cópia do cartão SIM que armazena todas as informações do dispositivo.

Nesse sentido, vale a pena trocar seu celular e comprar um modelo mais moderno, com tecnologia GSM. Quanto ao preço, não se preocupe. Apesar de ser uma tecnologia mais moderna, existem diversos modelos mais acessíveis.

 Não responda SMS e ligações suspeitas

Mesmo com a dificuldade em clonar aparelhos GSM, os criminosos digitais desenvolveram um jeito de fazê-lo. Se passando pela operadora, eles enviam mensagens SMS solicitando que o usuário clique em um link para atualizar o dispositivo. Ao realizar esse procedimento, o celular é clonado, uma vez que alguns aparelhos podem ser criptografados por meio de um SMS.

Os criminosos usam uma estratégia parecida também nas ligações. Eles telefonam para a vítima fingindo ser um profissional da operadora de celular. Aí, eles pedem alguns dados e solicitam que a pessoa pressione determinadas teclas. Ao fazer isso, a vítima revela informações suficientes para que a linha seja clonada.

Se receber mensagens ou ligações desse tipo, desconfie. Anote o nome do atendente e diga que você mesmo irá ligar posteriormente para a operadora e realizar o procedimento, caso seja mesmo necessário.

 Conserte seu aparelho em lojas autorizadas

Seu celular tem algum problema que precisa ser reparado? Então, leve para consertá-lo apenas em lojas autorizadas pelos fabricantes ou em locais idôneos que você já conhece. Isso porque, se você levar para qualquer loja de esquina, há chances de que seu celular seja clonado, seja por um scanner (modelos CDMA) ou pela cópia do cartão SIM (modelos GSM).

 Cuidado em rodoviárias e aeroportos

Como os celulares normalmente entram em modo “roaming” quando estão em aeroportos e rodoviárias, a comunicação acontece por meio de ondas FM não criptografadas. Isso facilita a ação dos criminosos que andam nesses locais equipados com scanners. A dica, aqui, é manter o seu aparelho CDMA desligado ou em modo avião nas áreas de embarque e desembarque.

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*