BRT nem foi inaugurado e já apresenta várias falhas

IMG_0853Depois de uma grande manifestação na última terça-feira (2), onde moradores de Santa Maria se mostravam revoltados com as mudanças feitas pelo DFTrans no BRT, a nossa equipe percorreu todo o trecho da via que liga a Candangolândia à Santa Maria para verificar como anda a obra. Antes, motoristas e usuários do sistema  já relatavam problemas, como a falta de proteção nas passarelas e pista em “zig-zag”, na altura de uma floricultura que fica na entrada do Núcleo Bandeirante.

Além disso, quem precisa do sistema reclama que os ônibus não param nas paradas e não há proteção na hora do embarque. A reportagem flagrou ainda trechos onde a chuva já derrubou meios-fios e destruiu tubulações.

Em resposta aos questionamentos da reportagem, o Departamento de Estradas e Rodagens do DF (DER-DF), órgão responsável pelo trecho, informou que as passarelas seguem padrão da ABNT e o projeto executivo. Disse ainda que as obras estão concluídas, com exceção do trecho conhecido como “floricultura”, às margens da DF-003 (EPIA), onde comerciantes resistem à saída do local, mesmo o DER tendo disponibilizado outro espaço, com água e luz, além de estar à disposição para auxiliar na mudança para o novo ponto. O custo total da obra foi de R$ 648 milhões.

Apesar da informação, a equipe de reportagem flagrou ainda trechos sem a devida plantação da grama para proteger as margens das pistas.

 

Zig-zag pode trazer riscos de acidentes – Em frente às floriculturas do Núcleo Bandeirante, uma briga judicial fez com que a obra fosse entregue com um desvio em forma de zig-zag. O DER afirma que ainda vai resolver a situação

 

Passarelas sem cobertura – O DER também afirma que estão em conformidade com o projeto. Mas na prática, a falta de uma cobertura para proteger usuários do sol e da chuva traz muito desconforto para quem precisa usar o serviço diariamente. “Modernidade” pouco moderna.

 

Defeitos na obra – As maiores falhas estão na estrutura da própria obra. Nesse trecho, em frente ao Park Way, Quadra 8, as primeiras chuvas da estação já foram suficientes para provocar grandes estragos. Tudo isso aqui já estava pronto e ficou assim esta semana.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*