Espaço Flor de Mandacaru é boa opção no Guará ao reunir gastronomia e arte na QE 30

Os amantes da gastronomia e da arte agora dispõem de um point no Guará com muito charme, bom gosto e um toque de arte. Trata-se do Espaço Flor de Mandacaru, uma espécie de Café, que funciona cerca de um ano e dois meses no conjunto B da QE 30, em frente à Avenida Contorno.

Lá, os apreciadores das coisas simples e naturais, incluindo, além da alimentação, da qual refrigerantes não fazem parte do cardápio, podem se deliciar com iguarias como cuscuz e tapioca, entre outras, por a conversa em dia, sem barulhos que incomodem o sossego. Ah! Também sem internet para que a degustação e o papo transcorram na maior tranquilidade. E ainda possa apreciar e respirar a cultura que exala o ambiente. Pelas paredes podem ser apreciadas obras artísticas e peças antiquárias e verdadeiras relíquias revitalizadas, objetos de decoração e até raridades da indústria de um passado não tão remoto, como um exemplar de um rádio da marca Semp, e outros com idade mais longeva como roda de fiar e um moinho de café.

O proprietário do novo espaço gourmet, o artista plástico e artesão Moacir Alves dos Santos, 47, decidiu apostar nesse tipo de comércio, deixando pra trás o tempo e um espaço de 4m de comprimento por 3m de largura em que trabalhava duro com a venda de produtos artesanais na Torre de TV, onde, segundo ele, já não estava dando pra sobreviver.

Moacir explica que algumas peças servem de exposição, enquanto outras podem ser adquiridas pelos frequentadores. O certo é que o espaço cai como uma luva para os que gostam de expor seus trabalhos artísticos fazer um bom lanche, com ingredientes mais naturais. “Aqui temos o prazer de receber os amigos, artistas, poetas, colecionadores de obras, enfim todos os que amam as artes”, pontifica esse brasileense de Sobradinho, filho de baiano com uma mineira.

O escritor Elvis Silva, que escolheu o espaço para lançar o livro ‘Quatro décadas de lua minguante’

Aberto todos os dias das 7h30 às 22h, o Flor de Mandacaru serve um café da manhã irrepreensível e delicioso. À noite, fica por conta de sua já famosa tapioca e cuscuz, além de outras pedidas imperdíveis. Quem quiser mais informações ou fazer reservas é só ligar 988359-1457.

“O ambiente é familiar, simples e agradável para quem quer fugir de barulho. É um típico café à moda antiga”, resume Moacir.

Elvis Silva, que escolheu a nova Casa para lançar seu livro Quatro décadas de lua minguante, após superar uma anemia falciforme, diz que se trata de uma autobiografia, em que conta a sua saga pela vida. Ele diz que é frequentador assíduo do Flor de Mandacaru e derrama elogios ao dono da Casa, a quem considera um artista talentoso mas pouco valorizado como deveria.

A jovem Lorena Tavares elogia o espaço: “Bom para trazer amigos e parentes”

Já a jovem Lorena Tavares, moradora da QI 18, diz que gosta de frequentar o local para levar amigos e familiares. “Hoje mesmo estou aqui com meu irmão, que mora no Espírito Santo, e a gente está muito feliz por frequentar esse ambiente”, comentou.

Galeria de fotos

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*