Com base eleitoral no Guará, Izalci e Alírio podem ser beneficiados com a crise política na corrida ao GDF em 2018

A crise política instalada no Distrito Federal com a Operação  Panatenaico, que investiga supostas irregularidades na construção do Estádio Nacional Mané Garricha, de ‘lambuja’ pode beneficiar diretamente dois políticos com base eleitoral no Guará. Trata-se de Izalci Lucas (PSDB) e Alírio Neto (PTB), ambos demonstram clara intenção de disputar o cargo de governador do Distrito Federal em 2018. Eles podem ganhar pontos devido a prisão de dois potenciais concorrentes, o ex-governador José Roberto Arruda, que mesmo com problemas na Justiça Eleitoral representa forte apelo na política local. Por outro lado, Tadeu Filippelli, com os novos fatos corre risco de ficar inelegível por improbidade administrativa. Ele, até então, era pré-candidato assumido ao GDF.

No caso de Alírio, embora tenha sido secretário de Arruda, o ex-parlamentar vinha ensaiando uma aproximação com Roberto Fraga, mas segundo fontes do Blog do Amarildo, Izalci também seria interesse em fazer uma composição com Alírio. Em relação a Arruda atualmente, Alírio pouco cita o nome do ex-governador em suas entrevistas e até então não havia demonstrado se aproximaria de Arruda novamente ou não.

Já Izalci, a suposta ‘saída’ do jogo de Filippelli pode ser o grande trunfo, pois no jargão da política, seria ‘um concorrente a menos’.

A prisão também do ex-governador Agnelo Queiroz pode alterar o quadro político. Mesmo sem pretensão, o fato enfraquece o PT local, que pode transferir votos para outra candidatura no caso da desistência de lançar ao GDF, candidato próprio.

Em depoimento ao Blog do Amarildo, Izalci Lucas diz que é preciso mais tempo para avaliar os fatos, mas de qualquer forma o quadro deve, sim, mudar. “É preciso dar o amplo direito de defesa a Arruda e Filippelli, além disso, é muito cedo para dizer quem ganha e quem perde”, diz Izalci.

Já Alírio Neto não foi atendeu a ligação da reportagem.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*