Creche da QE 38, no Guará, passa por dificuldades e precisa de apoio

2013-12-06-18O Guará já está alcançando o número de 150 mil habitantes e o déficit de creches a cada dia aumenta mais. Temos apenas três creches comunitárias em toda a região, que sobrevivem aos trancos e barrancos. Antes do governo Agnelo Queiroz, ainda recebiam o leite e o pão da Secretaria de Desenvolvimento Social. Há cinco anos essa pequena ajuda foi cortada e a creche da QE 38, no Guará II, sobrevive de doações da comunidade solidária. A lista de espera por uma vaga a cada dia aumenta mais. Lá são cuidadas crianças de seis meses a quatro anos com quatro refeições diárias: café da manhã, almoço, lanche e janta além do banho.

arte-bb

De tudo um pouco os pequenos abrigados diariamente necessitam. Há vários anos a direção da creche luta para obter convênio com os órgãos do GDF, mas a burocracia impede a sua concretização.  Sai e entra governo e a lista de documentação fica diferente e mais exigente. Quem puder ajudar as maiores necessidades são de fraldas GG, biscoitos, leite, gelatina e milho de pipoca. Sem esquecer material de higiene pessoal como sabonetes, cotonetes, cremes de pele, pasta de dente, água sanitária e desinfetante.

arte

A creche está aberta à visita de doadores. Basta telefonar e agendar o horário para não quebrar a rotina das refeições e soneca dos pequenos. Ajude as crianças para que elas possam ter um futuro diferente com honestidade e prosperidade. A comunidade já fez sua parte lutando por um espaço que já é uma realidade para todos.

Os telefones de contato são: 3301-2060 ou 3301-4190

Texto e fotos: Zuleika Lopes

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*