GUARÁ – Delmasso faz silêncio nas redes sociais sobre a saída de André Brandão da Administração e recebe críticas

A saída do atual administrador André Brandão do comando da Administração Regional do Guará, prevista para os próximos dias, causou uma avalanche de comentários nas redes sociais do Guará. Mas o que mais chamou atenção até agora não foi exatamente isso, e sim o silêncio do deputado Rodrigo Delmasso (Podemos), que nas mesmas redes, não citou nas principais comunidades online do Guará, nenhum comentário. Em breve depoimento ao Jornal do Guará, citou que a ida de André Brandão para a Transportes Coletivos de Brasília (TCB), uma estatal do GDF, que o comandante do Executivo local estaria fazendo um trabalho exemplar, e que o transporte público de Brasília precisaria de alguém como ele para promover melhorias.

Ao Blog do Amarildo e ao Jornal GuaráHOJE/Cidades, Delmasso não atendeu às ligações e nem retornou às chamadas.

Repercussão negativa entre lideranças

Apesar das explicações ao Jornal do Guará sobre a saída de André Brandão do cargo, referindo-se ao bom trabalho realizado por André, a repercussão na cidade foi negativa.

Zé Maria criticou a forma de fazer política no Guará

Maioria das lideranças locais entendeu o fato como ‘politicagem’, e não como premiação ao bom trabalho de André. “Isso já vem acontecendo no Guará há muito tempo, foi assim com a saída de Márcio Rogério da chefia de gabinete da administração”, citou Zé Maria, prefeito da QE 09, do Guará I.

Adolfo Fuica declarou certa revolta nas redes sociais. “Se o André está fazendo um bom trabalho, porque retirá-lo, vão dar a ele um ‘prêmio’ de encosto remunerado”?

Fuica: críticas a Delmasso

Já Carla Brant, síndica do Edifício Três Irmãos disse que no Guará, basta alguém sobressair que é trocado. “Foi assim com Deverson Lettieri, na época do Arruda, assim como foi com Cláudio Monteiro, na época do Alírio, então se a pessoa faz um bom trabalho no Guará, é ‘condenada’ a deixar o cargo, e isso virou uma tradição”, analisa.

Na tarde da última segunda-feira (2), enquanto todos discutiram a saída de André da Administração do Guará no grupo de WhatsApp Confraria Guará, o deputado Rodrigo Delmasso não quis comentar o fato com ninguém, e enquanto todos discutiram o tema, limitou-se a postar um banner com uma nota publicada no Jornal de Brasília, onde afirmava que o deputado apoiava a família. No privado, alguns comentaram que a postagem naquele momento era inconveniente.

Com a saída de Brandão da Administração do Guará, Delmasso deve continuar no ‘comando’ do Executivo local, com a indicação do delegado aposentado Mário Gomes da Nobrega, que mora na Super Quadra Brasília, no Guará I. Mário é praticamente desconhecido da comunidade do Guará, e muitos creditam sua entrada na administração local como uma forma de aproximar a Polícia Civil do governador Rollemberg.

André deve deixar o cargo nos próximos dias para a entrada do policial civil.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*