Derrubada de chácaras no Parque do Guará chega a Área 27 nesta segunda-feira (3)

O trabalho de derrubadas anunciada pelo Governo de Brasília dentro do Parque Ezechias Heringer, conhecido com Parque do Guará, continua, e na manhã desta segunda-feira (3) uma equipe chegou a Área 27, onde casas na chácara de número 66 foram ao chão.

O agora ex-morador da chácara retira galinhas do espaço que antes ocupava

Uma equipe composta por auditores da Agefis e trabalhadores manuais, soldados da Polícia Militar, além de um grupo de apoio iniciou o trabalho de retirada das casas por vota das 9h, e por lá deve permanecer todo o dia.

Ninguém designado para a operação quis falar à reportagem, mas o Blog do Amarildo acompanha o caso de perto. Até agora, pelo menos cinco grandes operações foram feitas para retirar casas irregulares do Parque do  Guará, com destaque para a área do Sof Sul, onde foram feitas maioria das operações. Em depoimento recente, a a gerente da Área Metropolitana da  Secretaria de Estado da Ordem Pública e Social (Sops), Cristiane Caldeira disse que a operação para retirada dos moradores irregulares do Parque Ezechias Heringer vai continuar e não tem data para terminar. “Enquanto tiver construções irregulares, o governo vai agir”, comentou Cristiane.

A dona de casa Ademira Martins Rodrigues ficou desolada durante a operação. Moradora do local há 22 anos, diz que só resta lamentar, porque não conseguiu reunir documentos que a garantem no local, onde viveu com o marido, falecido há três anos.

PUBLICIDADE

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*