DF registra 2.152 registros de caxumba até outubro

Ceilândia, Taguatinga e Planaltina são as cidades com mais casos; Homens correspondem a 56,4% dos contaminados

Segundo Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de saúde na última terça-feira (8), o Distrito Federal registrou, de janeiro a 29 de outubro, 2.152 casos de caxumba. Ceilândia foi a cidade com mais infectados, tendo 373 ocorrências, seguida de Taguatinga com 181 e Planaltina com 178.

Homens equivalem 56,4% do número de contaminados, o que corresponde a 1.187 casos. No boletim, a pasta citou que o “o DF teve 62 surtos em 15 regiões administrativas, especialmente em instituições escolares”. A doença causa febre, fraqueza, calafrios, dores de cabeça e musculares.

Geralmente, o rosto fica inchado, e os primeiros sintomas podem surgir entre 12 e 25 dias após a contaminação, já que o vírus fica incubado. É importante que o paciente diagnosticado evite ambientes fechados e compartilhar copos e talheres.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*