Eleição no próximo dia 8 define novo presidente da Zonal do PT no Guará

Por Amarildo Castro  – Em ano marcado pelas polêmicas em âmbito nacional, com o Presidente Jair Bolsonaro (PSL) apanhando da mídia devido a uma gestão bastante criticada pela oposição e o Ministro da Justiça Sérgio Moro sendo acusado de conduta ilegal de seu cargo como então juiz, o Partido dos Trabalhadores (PT) não está nos holofotes, mas busca sua reestruturação fazendo o dever de casa, que é organizar suas bases de cidade em cidade e definir os próximos passos para continuar sua atuação social e política em todo o país.

Por meio de processo eleitoral para renovação de suas instâncias de direção, a legenda realiza o VII Congresso Nacional do Partido. A primeira etapa ocorre em 8 de setembro, quando filiados votarão para a escolha de novas diretorias em nível local, bem como delegados ao Congresso Distrital e ao Congresso Nacional.

No Guará, duas chapas concorrem para assumir o comando do partido na zonal da cidade. De um lado está a chapa Construir, Resistir e Avançar, encabeçada pelo economista Afonso Magalhães, de 63 anos e de outro está o também economista Expedito Veloso, de 55 anos na chapa Diálogo, Unidade Ação – Lula Livre

A reportagem do Blog do Amarildo falou com os dois candidatos. Eles estão muito otimistas na busca de conquistar os votos para assumir o comando da legenda na cidade,. No entanto, as propostas são peculiares.

Afonso Magalhães concorre pela chapa Construir, Resistir e Avançar

Afonso Magalhães, que vive no Guará há 10 anos e já foi candidato a distrital afirmou sua chapa caso eleita quer reativar a militância, aumentar de forma significativa o número de filiados no Guará, retomar o diálogo com as lideranças, acompanhar de perto e buscar projetos para a Saúde, cultura, moradia, segurança e o engajamento nos movimentos sociais. Afonso promete ainda defender e cobrar do governo a eleição para administrador regional nas Regiões administrativas do DF. Segundo ele, essa será uma das principais prioridades de seu mandato, caso seja eleito.

Expedito Veloso concorre pela chapa Diálogo, Unidade Ação – Lula Livre

O outro candidato à presidência do PT Guará, Expedito Veloso concorre com a chapa Diálogo, Unidade Ação – Lula Livre. Aos 55 anos, está filiado ao partido desde 1986. Antes de chegar ao DF, vindo da pequena Porto Firme-MG, por lá, chegou a ser candidato a prefeito. No DF fez história como ativista cultural e forte militante da legenda. Foi candidato a deputado federal em 2018 e diz ter saído satisfeito da campanha. Ainda tem uma casa de apoio à cultura e movimento sociais no Guará. Garante ainda que fará oposição responsável e necessária à Administração do Guará, assim como estabelecer um diálogo com as lideranças de todos os segmentos na cidade, além de manter um espaço para debates sobre temas de relevância para a cidade e o DF.

A eleição para escolha da diretoria da zonal do PT-Guará está marcada para o próximo dia 8 na Escola Classe 8, entre as QEs 28 e 30 do Guará II. Para votar é preciso ser filiado ao partido e levar o título de eleitor ou a carteira de identidade. Os portões serão abertos às 8h

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*