Em sessões extraordinárias, Câmara de Valparaíso aprova Superintendência de Trânsito

Mal o ano de 2018 começou e a cidade de Valparaíso já vai contar com mais uma instituição governamental. Trata-se da Superintendência Municipal de Trânsito de Valparaíso de Goiás (SMTVG).

Foram precisas apenas duas sessões extraordinárias – realizadas nos dias 2 e 3 – para que os vereadores aprovassem a nova autarquia, considerada uma prioridade pelo governo municipal.

Aprovada pelo Legislativo, agora o projeto segue para sanção do prefeito Pábio Mossoró (PSDB) a fim de que possa sair do papel. A superintendência chega com a missão de dar maior autonomia à gestão do trânsito da cidade.

Para o presidente da CMVG Superintendência de Trânsito será um avanço para a cidade

De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores do município, Alceu do Alternativo, a nova instituição terá mais poderes para promover alterações no trânsito, assim como dá suporte ao Detran local.

Segundo ele ainda, a nova autarquia terá a função de receber multas de trânsito, licenciamentos de veículos, IPVA e outros tributos, repassando o dinheiro aos órgãos competentes. “Mas a intenção é que parte da arrecadação dessas verbas fique na cidade, para promover as melhorias necessárias das condições de trânsito”, informa.

Antes da criação da SMTVG, a tarefa vinha sendo operada pela Divisão de Trânsito, subordinada à Superintendência dos Serviços de Fiscalização Municipal (SUSFIM), órgão vinculado à prefeitura de Valparaíso de Goiás, a qual deverá ser extinta.

O vereador Alceu explicou que a SMTVG deverá dispor de uma sede própria, cuja informação, segundo ele, obteve da prefeitura. A previsão é de que a nova autarquia deverá contar com um quadro de pessoal próprio a ser contratado futuramente.

A prefeitura espera, com a criação da empresa estatal, reduzir a dependência direta dos órgãos de trânsito do Governo de Goiás, sediados em Goiânia.

PUBLICIDADE

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*