Áreas de lazer em condomínios particulares também são proibidas de funcionar com decreto em Valparaíso

Compartilhe nosso Trabalho

Mídia local deu espaço para o chamdo ‘toque de recolher’ imposto pelo Executivo local, das 20h às 5h, porém, chama atenção o fechamento de todas as áreas de lazer em condomínios residenciais particulares na cidade

Continua dando o que falar as novas ações realizadas em centenas de municípios brasileiros e no Distrito Federal frente ao coronavírus, que na prática, nunca matou tanto desde o início da pandemia, em março de 2020. Agora, o que mais chama atenção são os novos decretos.

Muitas cidades optaram por um lockdown completo, ou parcial, como no Distrito Federal, onde shoppings, feiras e restaurantes estão proibidos de funcionar de forma presencial, só o podem fazer com delivery. Já na região do Entorno do DF, algumas cidades, como Valparaíso de Goiás, o que chamou atenção foi o toque de recolher, onde praticamente todas as atividades consideradas não essenciais estão proibidas entre às 20h e 5h. Além disso, destaca-se ainda o fechamento de todas as áreas de lazer em condomínios particulares.

Nesses locais, nada pode funcionar. Parquinhos, piscinas, churrasqueiras, tudo em lockdown completo, ou seja, fechados, trazendo profundo desconforto para familiares que têm filhos, e por sinal, sem aulas. Mas foi a maneira que a prefeitura achou para tentar frear as mortes e contaminações na cidade, uma das mais atingidas na região do Entorno do DF, com quase 19 mil infectados e 166 mortes. Atividades recreativas em áreas públicas também estão proibidas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*