Emendas de Liliane favorecem idosos na aprovação da LDO 2017

Construção do Centro de Referência do Idoso. Implantação de Centros de Inclusão Digital em cidades do Distrito Federal. Implantação do Programa Saúde na Família. Essas são três das emendas apresentadas pela vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada Liliane Roriz (PTB) à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2017 que foi votada em segundo turno na quinta-feira, 30 de junho, pelos distritais. Outras duas emendas de Liliane também foram aprovadas: uma impede que o GDF atrase ou parcele pagamento dos servidores e a outra exige justificativa de melhoria no serviço público prestado quando houver reajuste em tarifas.

“Destinar emendas é uma tarefa de muita responsabilidade, principalmente quando se trata de recursos. O bem-estar da população deve ser sempre a prioridade nessa hora”, parlamentar. Sua maior preocupação é com relação às ações governamentais que nortearão a alocação de recursos.

Emenda que enche os olhos de Liliane Roriz é a construção do Centro de Referência da Saúde do Idoso. “Incluí essa emenda na LDO porque é fato que o número de idosos no DF está aumentando sobremaneira. Trata-se de uma parcela da nossa população que requer cuidados específicos e o Centro será o lugar certo para esse atendimento”. Para garantir que o discurso saia do papel, Liliane fez incluir emenda de sua autoria para a implantação do Programa Saúde na Família; assim, durante a discussão da Lei Orçamentária Anual de 2017, a partir de agosto deste ano, deverá alocar recursos para estes fins.

Já a implantação de Centros de Inclusão Digital é essencial para inserção de cidadãos, principalmente os jovens, no mercado de trabalho. “Esse segmento absorve muita mão de obra, mas para isso é preciso ter gente capacitada e os centros serão fundamentais nesse processo”, explica Liliane.

Liliane também se preocupou com o reajuste de tarifas públicas que tanto pesam no bolso dos contribuintes. “O foco dos serviços públicos deve ser o melhor atendimento ao cidadão e não a mera geração de lucros, por isso, minha emenda determina que para que haja aumento em qualquer tarifa, o governo precisará mostrar que melhorou o serviço”, explica a parlamentar. (Texto e foto: colaboração/Ascom/Liliane Roririz)

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*