ENTORNO/VALPARAÍSO – Ânimos acirrados entre vereadores para aprovar parcelamento do IPTU em 2017

A primeira votação do projeto para cobrança do IPTU em 2017, enviado pelo Executivo de Valparaíso de Goiás à câmara municipal acirrou os ânimos entre alguns vereadores da cidade na manhã desta quarta-feira (16).

Responsável por uma emenda que garantiria o parcelamento do imposto em até 12 vezes, o vereador Marcus Vinícius (PSD) chegou a se exaltar com alguns colegas que rejeitaram sua proposta. “A gente sabe que a população está sem dinheiro, e quanto mais arroxo, maior será a inadimplência”, citou Marcus. Para completar, deixou claro que será, mesmo sem mandato a partir janeiro, forte oposição ao novo prefeito eleito, Pábio Mossoró, de quem era aliado até pouco antes das eleições.

Além da discussão do parcelamento, o aumento pedido pelo Executivo (IPCA + 4%) também foi colocado em pauta. Alguns discordam dos 4%, mas concordam com o IPCA.

Diante do impasse, uma nova emenda será apresentada na semana que vem parcelando o imposto em 10 vezes, e colocada em pauta. O autor será o próprio Marcus Vinícius e deve ser aprovada pelos parlamentares.

Além da votação IPTU, que ainda terá outras duas sessões, outra demanda que gerou acirradas discussões foi a suplementação orçamentária pedida pelo Executivo, que é de 80%. Maioria defende 50%. Mais uma vez, Vinícius discordou e defendeu 30%, mas a proposta foi rejeitada pelos colegas, e a aprovação da suplementação orçamentária deve ficar em 50%.

Embates

Antes parceiros na política, na reta final de mandato, o eleito prefeito Pábio Mossoró e o vereador Marcus Vinícius já não falam a mesma linguagem. Foi entre os dois parlamentares a principal discussão sobre a questão da suplementação orçamentária para o Executivo. O vereador Zeca também entrou no embate e chegou a ter o microfone desligado algumas vezes para evitar mais barulho. Foi uma das sessões mais quentes do Legislativo após as eleições. Apenas Ângela Pessoa não participou por motivos pessoais, mas chegou a marcar presença no início da sessão.

Na próxima semana, nas duas sessões (quarta e sexta-feira), o projeto do IPTU deve ser aprovado, e espera-se novos embates.

PUBLICIDADE

drogaria-felix

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*