Equipe do GDF elogia trajetória de Chaguinha, enquanto família convida para o velório no Campo da Esperança

Repercutiu em todo o Governo do DF a perda do coordenador do Feira Legal Francisco das Chagas. Enquanto isso, familiares convidam amigos para as últimas homenagens na Capela 3 do Cemitério do Gama

O clima de tristeza e de homenagens se estende por todas as categorias profissionais do Governo do Distrito Federal após a morte de Francisco das Chagas Gomes, o Chaguinha. Ele faleceu na tarde da última sexta-feira no Hospital do Gama após crise de asma, causando um edema pulmonar, o que levou o coordenador do Feira Legal a uma parada cardiorrespiratória. Os médicos não conseguiram uma reanimação e Chaguinha veio a óbito às 14h.

Desde então, nas redes sociais entre integrantes do GDF e junto aos familiares de Chaguinha, o clima é de muita emoção, com postagens de homenagens, muitas ligações telefônicas para confortar a família e a expectativa de centenas de amigos no Cemitério do Gama, Capela 3, onde ocorre o velório neste sábado, a partir das 12h. O enterro está marcado para às 16h. A família convida os amigos e todos aqueles que conheciam Chaguinha para as últimas homenagens.

Após uma postagem no Blog do Amarildo sobre a perda do coordenador do Feira Legal, o site recebeu muitas mensagens e ligações de pessoas ligadas a Chaguinha. Colega de trabalho nas visitas às feiras do DF, Ligia  Pereira, amiga de longa data, diz que a perda do colega é um momento muito difícil. “Chaguinha tinha um coração enorme, gostava do que fazia, gostava de atender às demandas, não somente aquelas que eram a ele denominadas, mas tudo que via na cidade, especialmente nas feiras, buscava uma solução”, diz. E continua: “Era uma pessoa muita amiga e além de ter uma personalidade sensacional, gostava de ensinar e apoiar àqueles que o rodeavam”.

Em momento de alegria durante campanha de Ibaneis Rocha ao GDF

Ao lado de Lígia, trabalhava ainda com Marcos Flanklin e Marcos Eduardo. Com essa equipe, já haviam feito o cadastro na Feira do Núcleo Bandeirante, Cruzeiro e concluiam o trabalho no Guará.

Outro integrante do governo que elogiou a passagem de Chaguinha pelo Executivo foi o administrador de Samambaia, Gustavo Aires. Ele disse que já conhecia Chaguinha, mas a proximidade aumentou durante a campanha de Ibaneis Rocha rumo ao GDF. “Era uma pessoa impar, que conseguia conciliar trabalho, família e amigos de uma forma simples e digna dos grandes personagens da história, nos deixará muitas saudades”, comentou. Ele garantiu ainda que o trabalho de cadastramento junto às feiras vai continuar, no momento, vai ficar ainda mais forte em homenagem ao empenho de Chaguinha, que sempre lutou por melhorias nas feiras.

Chaguinha com sua equipe no lançamento do Feira Legal

Chaguinha deixa duas filhas e esposa, além de vários amigos e simpatizantes ao seu trabalho.

Como tudo ocorreu

O drama da família começou quando Chaguinha reclamou durante a madrugada da última sexta-feira (8) de uma dor no peito para a família. Com dificuldades para ir ao trabalho, ligou para seu coordenador Cleber Monteiro, subsecretários de Mobiliário Urbano avisando que faltaria ao trabalho. Em seguida, foi para o Hospital do Gama, onde foi direto para a UTI.

Chaguinha com sua equipe na Feira do Guará na semana passada

No decorrer da manhã do mesmo dia o quadro piorou e o sintoma analisado pelos médicos foi de um edema pulmonar. A lesão evoluiu de forma muito rápida e Chaguinha veio a óbito por volta das 14h, quando teve uma parada cardiorespiratória no mesmo hospital e veio a óbito.

Pai dedicado, gostava de comemorar datas festivas ao lado da esposa Maria (Marisol) e das filhas Vitória e Maria Clara

Chaguinha era assessor especial do Governador Ibaneis Rocha (MDB), mas estava lotado na Secretaria de Mobiliário Urbano, onde fazia o cadastro de feirantes em dez feiras livres do DF por meio do Programa Feira Legal. Nos últimos dias, passou quase todo o seu tempo na Feira do Guará com uma equipe de quatro pessoas.

O Blog do Amarildo deixa aqui notas de pesar aos familiares, amigos e membros do Governo do DF.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*