ESCÂNDALO DO MANÉ GARRINCHA – Até tu estaria no meio, Rosso?

Visto como político de futuro e de índole ‘irretocável’ por muitas lideranças no DF, o deputado federal Rogério Rosso, que chegou a se candidatar em 2016 para a presidência da Câmara dos Deputados deixou de ‘boca aberta’ muitos de seus seguidores nas redes sociais na manhã desta terça-feira, ao ter o nome citado na Operação Panatenaico, que investiga suposto desvio de dinheiro na construção do Estádio Mané Garrinha. Segundo a mídia local, o deputado teria levado vantagens indevidas durante a construção, o que ainda está sendo esclarecido pela Justiça. O Blog do Amarildo ainda não conseguiu contato com Rogério Rosso.

Na Operação foram presos os ex-governadores José Roberto Arruda, Agnelo Queiroz, além de Tadeu Filippelli, vice de Agnelo entre 2011 e 2014. Além das prisões, bens dos ex-governadores, na ordem de quase R$ 30 milhões também foram bloqueados. A Via Engenharia, também teve R$ 100 milhões bloqueados, conforme anunciou  o site g1.com.br

Presidentes e ex-presidentes das empresas envolvidas na construção também podem ser presos de forma preventiva, anunciou a investigação policial.

PUBLICIDADE

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*