ESCOLA TÉCNICA DO GUARÁ – Moradores próximos à construção da obra deixam árvore de luto após “ataque” de tratores

IMG_20150725_164712Chama atenção a iniciativa de um grupo de moradores que lutam para preservar pelo menos as árvores onde será já é erguida a Escola Técnica do Guará. Depois “peitar” manifesto de moradores e iniciar as obras sob forte comoção de pessoas que residem nas proximidades do terreno onde o projeto será instalado, a Infra-Engeth, empresa ganhadora da licitação, parece que não quer mesmo saber de “conversa”. No último sábado (25), deu sequência à série de destruição dos equipamentos de lazer instalado no terreno.

Além da destruição de quadras de esporte, os tratores avançaram também sobre o verde. De modo geral, há uma tentativa de proteger algumas árvores, mas sem muito cuidado. Em um erro de manobra um dos tratores atingiu fortemente um ipê com cerca de seis anos plantado pela moradora Luciane Fernandes Arruda (51), moradora da QE 17. “É uma sensação terrível perder essa área verde, mas pelo menos a gente sabe que é por uma boa causa”, comentou.

No sábado (25) ela e amigos colocaram um pano preto nem uma muda de ipê, danificada pelos tratores da obra.

A Infra-Engeth deu sequência à destruição da área de lazer no último sábado
A Infra-Engeth deu sequência à destruição da área de lazer no último sábado

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*