Escolas do Guará vão receber mais de R$ 1 milhão por meio do PDAF

 

Apesar dos desafios que enfrentam a educação no DF, uma boa notícia para a comunidade do Guará. As escolas locais terão como alento para driblar as dificuldades uma nova verba para este ano. O diretor da Coordenadoria Regional de Ensino (CRE) da cidade, Afrânio Barros, em entrevista exclusiva ao Blog do Amarildo, anunciou que, por meio de emenda parlamentar do deputado Rodrigo Delmasso (Podemos), o Guará vai receber o montante de R$ 1,1 milhão oriundo do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF).

O dinheiro, conforme teria explicado o parlamentar, é um dos seus compromissos com a comunidade local. De acordo com informações repassadas ao diretor da CRE, essa verba deve começar a chegar a partir do meio ano.

Abaixo segue trechos da entrevista concedida pelo diretor da CRE ao Blog do Amarildo:

Blog do Amarildo – O que será feito com o dinheiro?

Afrânio – Estamos ouvindo todos os diretores de escolas para que possamos analisar quais os colégios têm demanda mais urgente. É preciso lembrar que o dinheiro deve ser priorizado em pequenos reparos, manutenções, principalmente no que diz respeito a serviços hidráulicos como compra de caixas d‘água, entre outras.

Qual a situação das escolas públicas com relação à crise hídrica ?

Muitas delas (as escolas) não têm reservatórios adequados, como Centro de Ensino Especial 1 (CEE 1), no Guará I. Muitas caixas d`água estão velhas, precisando ser trocadas, já que influem na qualidade da água. Assim, nossa intenção é melhorar a estrutura desses reservatórios e outros serviços com parte desse dinheiro.

A verba vai atender somente as escolas do Guará?

Não. Nossa intenção é dividir a verba com as escolas da Estrutural, que são coordenadas pela CRE do Guará. Por lá, as demandas são maiores do que as daqui.

O Sr. Acredita que o dinheiro, na prática, chega quando às escolas?

Já está bem encaminhado o processo e até o meio do ano haverá verba disponível. A nossa parte estamos fazendo. O projeto e os contatos com as empresas prestadoras de serviço estão sendo feitos. Para as obras, precisamos respeitar todos os tramites legais, inclusive a Lei de Licitação.

É comum ocorrer a liberação de verbas para escolas do Guará nesse montante, como ocorre agora para o PDAF?

Infelizmente não. Os valores costumam ser menores. Mas, felizmente, percebemos que o deputado Delmasso abraçou a causa da educação no Guará, tendo liberado verba inclusive para a Escola Técnica. Então, a cidade só tem a ganhar, e que outros deputados possam fazer o mesmo pela cidade, esse é o meu desejo.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*