Festival dos Estados, a festa

 

Nos próximos três dias, sexta, sábado e domingo, acontece o Festival dos Estados no Guará, com atrações musicais e culturais, diversidades gastronômicas, cenários para tirar fotos, parquinho para as crianças e uma oportunidade de integração familiar, com opções para pais, filhos e avós. E de onde nasceu a ideia de um evento que promete fazer parte dos calendários de eventos da nossa cidade? Da integração de duas amigas que decidiram alavancar suas ideias e criaram a comunidade do Facebook, Mães e Filhas do Guará, há 6 anos com aproximadamente 30 mil membros: Tâmara Mansur e Mayara Franco.

O que era para ser uma oportunidade de integração entre os moradores do Guará, se transformou do ambiente virtual para as atividades físicas, onde o contato pessoal com a comunidade proporcionou mais incentivo para as batalhadoras Mayara e Tâmara. Nascia a Expomix, feirinha de artesanato, moda, beleza e gastronomia. “Fomos nos especializando na área, nos dedicando e vimos uma oportunidade de trazer e lazer novamente para o Guará. Foi aí que surgiu a ideia do São João do Guará, CarnaGuara e agora o Festival dos Estados”, relata a empreendedora Mayara.

Segundo ela, o Festival dos Estados, até se tornar realidade, maturou por 4 meses. Optaram por três dias devido ao tamanho e custos do evento. “Acreditamos no público do Guará, não se trata de um evento comum e sim num festival onde as pessoas poderão desfrutar de comidas regionais, matar as saudades da região onde nasceu e várias outras novidades. Por se tratar de um evento sem recursos públicos, totalmente privado. Entramos com a cara e a coragem e neste caminho temos parceiros fundamentais como a Associação Comercial e Industrial do Guará e o grupo da Confraria do Guará, que estão sempre nos apoiando na logística e infraestrutura”, relata.

Serviço: Dias 22, 23 e 24, a partir das 18 horas

Loca: Ao lado da 4ª Delegacia De polícia AE-Guará II

Preço: R$ 5,00 .Crianças de até 10 anos, idosos e Portadores de Necessidades Especiais, com entrada gratuita.

 

 

Texto:Zuleika Lopes

 

 

 

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*