FUTEBOL PROFISSIONAL – Cruzeiro fará teste com 17 garotos de Brasília, 15 deles da Escolinha Brazuquinhas

Para a escolha, vários jogos foram realizados, e cada atleta teve em média quatro vezes para entrar em campo e mostrar ao olheiro o que sabe fazer na prática com a bola em jogo. Entre alguns dos destaques, chamou bastante a atenção o pequeno Weslei Felix de Oliveira, de 10 anos, apelidado de Neymar, que deitou e rolou em cima dos adversários, assim como Miguel Araújo Lima, de apenas 7 anos. Miguel, por sinal, para um garoto de sua idade, impressionou pela qualidade do drible e das fulminantes arrancadas para cima dos adversários, em parte um pouco mais velhos que ele, e mesmo assim ele não se intimidava nem um pouco arrancando aplausos dos seus pais e de toda a torcida presente, incluindo os outros pais de atletas.

Silas Eduardo dá orientações aos atletas: cerca de 400 marcaram presença

Ao final, entre atacantes, zagueiros e goleiros, 15 foram escolhidos, e já em abril devem viajar a Belo Horizonte para se apresentarem à diretoria do Cruzeiro para marcar os testes. No primeiro momento os pais devem acompanhar os pequenos como regra do clube.

Disputa acirrada entre os pequenos atletas para as vagas

Responsável pela Brazuquinhas, o ex-jogador de futebol profissional, Silas Eduardo, que chegou a ter passagem pelo Gama-DF, afirmou que é um momento muito especial para o futebol de Brasília. “Temos na cidade muitos garotos com excelente qualidade, e a minha vontade era levar mais gente para o Cruzeiro neste momento, mas as vagas são limitadas, e aqueles que não passaram deve continuar acreditando para alcançar seus sonhos”, disse Silas.

Weslei Felix, de 10 anos e Miguel Araújo, dois destaques na avaliação deste sábado (23)

Tupã elogiou a Brazuquinhas e disse que no Cruzeiro os garotos ficarão uma semana sendo observados pelos especialistas do time. “Quem for definitivamente aprovado já pode se considerar jogador do Cruzeiro nas categorias de base”, finalizou o olheiro.

Galeria de fotos

Equipe de avaliadores da Brazuquinhas, com Tupã. Funcionários da escolinha fizeram uma pré-seleção para o olheiro dar seu veredito final
Professores da Brazuquinhas usam a descontração para aquecer a garotada
Rafael Marinho, um dos aprovados
Da esquerda para a direita: Adriel, Miguel e Vitor também foram aprovados

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*