FUTEBOL PROFISSIONAL – Matheus: do Guará para a primeira divisão do Campeonato Português

Reinaldo Pereira disse que população precisa se mobilizar contra os abusos

Jovem de 22 anos se destaca na primeira divisão do Campeonato Luso e chama atenção dos grandes

Por Amarildo Castro – O sonho de milhares de garotos é jogar futebol, mas para isso é preciso começar cada vez mais cedo, certo? No caso do jovem Mátheus Wilson Lima, de 22 anos, esse sonho tornou-se realidade, mas com uma pequena diferença – ele só foi apresentado ao mundo do futebol aos 13 anos, incentivado pelo pai, o ex-chefe de gabinete da Administração Regional do SIA, Wilson Lima. Matheus é hoje jogador profissional do FC Setubal, equipe que disputa a primeira divisão do Campeonato Português de Futebol. Na temporada, destacou-se ao fazer 5 gols na posição de meia, sua origem.

Matheus com alunos do projeto social Galáticos, na QE 38, onde foi revelado

De férias no Guará, cidade em que morou por muitos anos e ainda abriga seus familiares, Mátheus visitou na última segunda-feira (14) o campo sintético da QE 38, onde treinava no Galáticos, time no qual jogou por três anos sob o comando do técnico Wikeda, até chamar atenção de clubes maiores. Terminou sua fase de adaptação ao futebol profissional pelo antigo Dom Pedro.
Há cerca de dois anos, foi para Portugal, onde disputou no ano passado a segunda divisão pelo Pinhalnovense. Em seguida foi para o FC Setubal, time da primeira divisão. Em campo, em 20 jogos, fez cinco gols e já chama atenção de três equipes maiores, as quais prefere não revelar.

Ele explica que se adaptou muito bem em Portugal, e que sua equipe treina em uma cidade litorânea, o que o faz lembrar do Brasil. Além disso, ainda conta com apoio de dois brasileiros na equipe, Pedro e Artur, lateral e zagueiro, respectivamente, o que melhora sua adaptação. Apesar de se destacar em sua equipe, deixa escapar que tem admiração pelo Real Madrid.

Matheus com o pai Wilson Nobre, seu grande incentivador

No Guará, o pai Wilson Nobre diz que ver o filho se destacando em um time do exterior é motivo de muito orgulho e espera ver o jovem dar voos mais altos. “Me orgulha mais ainda saber que o Matheus iniciou sua carreira em um projeto social aqui na QE 38, sob o comando de pessoas humildes”, relata o pai.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*