GDF apresentará proposta alternativa para reestruturação da Previdência

 

Devido ao clima de instabilidade e da negativa de parte dos deputados em aderir ao projeto de reforma da Previdência apresentada a Câmara Legislativa do Distrito Federal, aliados de Rodrigo Rollemberg procuram apresentar uma proposta alternativa que reduza a resistência por parte dos congressistas.

O novo projeto deve ser exposto ao presidente da Câmara ainda nesta quinta-feira (14) e conta com três mudanças centrais. Só seria votado dentro de 60 dias, gerando assim um prazo maior para o debate acerca do tema, o governo do Distrito Federal também pretende deixar claro que a medida não prevê a privatização de organizações públicas como Caesb e CEB. Dessa forma o GDF busca o apoio dos parlamentares que lutam contra a privatização.

Entretanto o ponto alto do novo projeto prevê que o governo do DF só usaria os rendimentos referentes aos anos de 2016, 2017 e 2018 evitando assim, mexer no fundo de funcionários contratados após 2007.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*