GUARÁ-Parquinho infantil vira casa de moradores de rua na QI-18

A tão sonhada reforma e instalação de novos parquinhos no Guará até agora não saiu do papel. Para piorar a situação, o restante dos brinquedos que sobraram na cidade estão virando abrigo de moradores de rua. Um exemplo é o parquinho infantil da QI-18 no Guará 1, por lá a casinha do parque acabou se tornando abrigo para essas pessoas que tentam se proteger do sol e da chuva, usando esse equipamentos públicos que foram construídos para o entretenimento das crianças, no entanto teve o uso desvirtuado por esses moradores de rua. Até agora não há noticia de que algum órgão público tenha tomado qualquer tipo de providência.

Os moradores de rua estão presentes na praça durante todo o dia

Segundo os comerciantes locais as pessoas que estão vivendo no parquinho costumam praticar pequenos furtos de objetos na região “Ficou insuportável porque a presença deles além de afastar a clientela do comércio deixa a praça imunda de sujeira”, conta o comerciante que preferiu não se identificar.  Ele ainda destaca que a presença dos moradores de rua é constante “Eles estão aqui 24 horas por dia e ninguém faz nada para resolver essa situação”, desabafa.

Papelões foram utilizados para transformar o parquinho e moradia fixa dos moradores de rua

A reportagem do Guará HOJE/ Cidades e do Blog do Amarildo entrou em contato com a Administração Regional do Guará  que informou que enviará uma equipe para vistoriar o local e solicitar a saída dessas pessoas. Havendo resistência, a administração vai encaminhar o fato à Agência de Fiscalização do DF ( Agefis) para as devidas providências. Além disso, o órgão vai acionar o Centro de Referência de Assistência Social para que ofereça o suporte à essas pessoas.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*