Hospital de Base começa a montar novos leitos de UTI covid-19

Compartilhe nosso Trabalho

Equipe de montagem entra em ação para entregar, ainda esta semana novos leitos para atender vítimas do coronavírus


Está em ritmo acelerado a montagem de toda a estrutura necessária para abrir mais 20 leitos de UTI covid-19 no Hospital de Base (HB). Ainda no início da manhã da terça-feira (16), uma força-tarefa de trabalhadores entrou em ação para instalar leitos com equipamentos, entre eles, ventiladores mecânicos, monitores e aparelhos para quem precisa de hemodiálise. A expectativa é que, ainda nesta tarde, os leitos montados pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal estejam prontos para receber pacientes graves.

“Estamos fazendo o possível para entregar os leitos o mais rápido possível”, afirmou o secretário adjunto da Secretaria de Saúde, Petrus Sanchez. “Esses leitos são de fundamental importância porque vão atender pacientes em estado mais críticos.” Sanchez lembrou que a oferta de 100 novos leitos — 80 no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e 20 no HB —, foi anunciada no sábado (13) pelo governador Ibaneis Rocha.

A ação é monitorada por Gilberto Occhi, novo diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF), que administra a unidade. “O Hospital de Base é referência para pacientes graves, como aqueles que fazem tratamento oncológico e com imunidade baixa”, ressaltou Occhi.


Segundo ele, o HB já conta com 41 leitos para pacientes com covid, sendo 20 de UTI e 21 de unidade de cuidados intermediários (UCI). Dispõe ainda, no sétimo andar do prédio, de mais 14 leitos de enfermaria para pacientes em recuperação da covid-19.


Mais leitos

Começaram também a ser montados 80 leitos de UTI no HRSM, outro hospital gerido pelo Iges. Até a manhã de hoje (16), a Sala de Situação apontava que 70 pacientes estavam recebendo assistência nos leitos. Outros 10 ainda estavam bloqueados e devem ser liberados em breve.


Para disponibilizar 40 vagas no primeiro andar do Hospital de Santa Maria, as equipes aceleraram os trabalhos para montar a infraestrutura necessária. Outros 40 leitos foram remobilizados no quinto andar, estrutura que já tinha sido usada na primeira onda da pandemia do coronavírus, mas que, com a redução da taxa de ocupação, voltou a receber pacientes com outras patologias.
Acesse aqui a galeria de fotos.

Texto: Ailane Silva Fotos e vídeos: Davidyson Damasceno/Ascom Iges-DF

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*