No Guará, governador Rollemberg lança novo programa habitacional

Foto de Meire Cardoso

O governador Rodrigo Rollemberg lançou neste sábado (25/6) o novo programa habitacional do DF, o Habita Brasília. O Programa traz soluções para proporcionar moradia digna e cidadã, considerando o planejamento das cidades, a regularização fundiária e o combate à grilagem. O lançamento será às 9h no Salão de Múltiplas Funções do Cave, ao lado da feira do Guará.

A nova proposta aproveitará de modo mais racional o potencial de crescimento das áreas urbanas. O Habita Brasília compreende desde a venda de lotes escriturados – a um valor subsidiado para famílias de baixa renda – até a oferta de projetos para a construção das casas conforme a necessidade dos moradores.

Além do Morar Bem, foram criadas mais quatro linhas de ação do Estado: Lote Legal, Projeto Na Medida, Aluguel legal e Portas Abertas. Lote Legal é a modalidade que oferece lotes urbanizados e regularizados para pessoas físicas e entidades inscritas no cadastro da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab). Ou seja, terrenos com ruas pavimentadas e com infraestrutura de abastecimento de água, esgoto, energia, iluminação pública e próximos a serviços públicos, como escolas e postos de saúde.

A linha de ação do Projeto Na Medida tem como objetivo garantir a qualidade das residências de interesse social. Por essa modalidade, os arquitetos da Codhab vão realizar projetos para reforma em casas de famílias que vivem em situação precária. O Morar Bem produz unidades imobiliárias em áreas urbanas, com recursos do Minha Casa Minha Vida, para inscritos na lista da Codhab.

Destinado às famílias de renda mais baixa, em especial as que moram de aluguel e gastam mais de 30% do rendimento, aos idosos e à população vulnerável, o Aluguel Legal oferecerá moradia com valores mais baixos que os praticados no mercado de locação. Quem participa dessa linha do programa continua na lista de atendimento habitacional, aguardando ser contemplado em outra modalidade.

Por fim, o Portas Abertas é o incentivo do governo ao setor da construção civil para que sejam disponibilizadas unidades imobiliárias em valor compatível com a renda dos beneficiários e tem como público-alvo famílias com rendimentos de até R$ 6.500. (Colaboração/Ascom/GDF)

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*