No próximo dia 20 começa o racionamento no Guará e outras regiões vizinhas

Com o Rio Descoberto, principal reservatório que abastece  Brasília e a maior parte das cidades-satélites, está com  níveis baixos nunca antes registrados, o Distrito Federal entrou oficialmente no regime de racionamento de água. O abastecimento será suspenso por até 24 horas em regiões previamente avisadas, em esquema de rodízio. A medida foi anunciada nesta quinta-feira (12/1) pela Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) e começa a partir de segunda-feira (16), por Ceilândia, Recanto das Emas e Riacho Fundo II.

Nesta primeira fase dos cortes, serão atingidos 1,8 milhão de moradores de cidades abastecidas pelo Descoberto, entre elas Guará, Taguatinga, Vicente Pires, Águas Claras, Samambaia, Riacho Fundo, Recanto das Emas, Gama, Santa Maria, Núcleo Bandeirante, Park Way  e Candangolândia.

Na próxima sexta-feira (20 de janeiro) o sistema será interrompido no Guará I e II, Polo de Modas, CABS, Lúcio Costa, SQB, CAAC, Taguatinga Sul, Arniqueiras, Areal e Riacho Fundo I.

No dia seguinte, 21 de janeiro (sábado), será feita a religação da água no Guará I e II, Polo de Modas, CABS, Lúcio Costa, SQB, CAAC, Taguatinga Sul, Arniqueiras, Areal, Riacho Fundo I, Águas Claras (zona baixa), Park Way, Núcleo Bandeirante, C.A. IAPI, Candangolândia, Setor de Postos e Motéis e Metropolitana, Vila Cauhy, Vargem Bonita, Ceilândia Leste e Samambaia.

PUBLICIDADE

site

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*