Vamos aqui esclarecer os fatos sobre a escolha do novo administrador do Guará para a era Rollemberg

home administradorGente, depois de alguns comentários ontem sobre a criação da Comissão das Lideranças Comunitárias Unidas do Guará, que visa colaborar com o novo governador eleito, Rodrigo Rollemberg para a escolha do novo administrador do Guará, achamos melhor esclarecer os fatos.

Embora seja legítima, e tem como objetivo colaborar com a democracia local ao apresentar para o novo governador uma tríplice lista para avaliação da equipe de transição para o cargo de administrador regional do Guará, Rollemberg não tem a obrigação de escolher um desses nomes. Apesar da grande expectativa dos criadores da comissão, há outros nomes que são fortes da mesma forma que os três escolhidos são. Um deles trata-se de Edberto Silva, coordenador de campanha de Rollemberg no Guará. No caso dele, disse preferir o desenrolar político dos fatos, e não apresentou seu nome à comissão.

Enquanto isso, na próxima segunda-feira (8), às 19h30, a Comissão das Lideranças Comunitárias Unidas do Guará vai, sim, escolher os três nomes para apresentar ao governador, e os criadores da comissão estão na expectativa que Rollemberg  possa optar por essa lista. Mas na prática, outros fatores devem ser levados em consideração, pois ainda não há um método estabelecido para a escolha dos administradores no primeiro momento do Governo de Rollemberg.

O presidente da Comissão das Lideranças Comunitárias Unidas do Guará, José Maria de Casto, disse que fez todo o procedimento necessário, inclusive com publicação de um edital em jornal de grande circulação, e que espera colaborar com os moradores na escolha do novo administrador do Guará.

Agora nossa reportagem vai aguardar o desenrolar dos fatos, e na medida em que eles forem acontecendo, vamos divulgando (Amarildo Castro).

 

1 Comentário

  1. Prezado Jornalista Amarildo, vale ressaltar que o mesmo vale para o Núcleo Bandeirante, informo que os nomes indicados, somente um é do Núcleo Bandeirante, os outros são da Candangolândia, Park Way e Arniqueiras. Outros nomes da cidade ficaram de fora. Porque a discriminação? Como morador do Núcleo Bandeirante, não posso acreditar que seja matéria paga. Um grande abraço. Luiz Carlos

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*