POLÍTICA/VALPARAÍSO – Sem problemas com a Justiça Eleitoral, Iraquitan acredita que vai surpreender para disputa de cargo a prefeito

frase iraquetan

Enquanto a mídia da cidade de Valparaíso de Goiás vem divulgando apenas o nome dos políticos mais conhecidos na cidade, principalmente aqueles já com algum tipo de cargo, entre eles os vereadores da cidade, pelo menos um nome diferente no contexto da política tradicional pode ser apontado como uma das possíveis surpresas para as eleições deste ano para a disputa do cargo de prefeito.

Trata-se do pernambucano Iraquitan Oliveira, 48 anos, que reside na cidade desde 2005, e traz na bagagem, experiência acumulada em anos de militância no PCdoB, e também de cargos importantes que já ocupou, como o de vereador na cidade de Palmares, em Pernambuco.

Lá (em Palmares), criou a primeira associação de moradores, onde acredita ter desenvolvido um trabalho importante, ajudando moradores em ações sociais, incluindo a recuperação da cidade após fortes enchentes.

Veio para Brasília em 2005, onde logo em seguida instalou-se em Valparaíso, transferindo seu título de eleitor para a cidade no mesmo ano. Trabalhou na antiga Funasa, em seguida, foi para o Ministério da Saúde.

Em Valparaíso, embora não tenha disputado nenhum cargo político desde sua chegada, sempre fez parte de grupos ligados ao desenvolvimento da cidade, mas acredita que a região sempre foi carente de uma gestão modelo, e que o povo deve ter cansando dos modelos de gestão desenvolvidos na cidade desde sua emancipação.

A seguir, veja a entrevista concedida com exclusividade ao Blog do Amarildo na última terça-feira (31/05).

Blog do Amarildo – Qual sua trajetória política?

Fui vereador em Palmares (PE) pelo PCB no ano de 2000, mas com a vinda para Valparaíso, faço militância no PCdoB há mais de dez anos, defendendo melhorias para a nossa cidade.

Blog do Amarildo – Em Valparaíso, como é a sua relação com a cidade?

Desde que me mudei para cá, já me filiei ao PCdoB. Ao fazer a minha filiação, comecei a acompanhar as cenas políticas da cidade. Em três meses, já conhecia as forças políticas locais. Em 2007, ainda na Funasa, ao lado de um grupo de amigos e lideranças, começamos a criar um planejamento para os próximos 30 anos para Valparaíso de Goiás. Nos últimos anos, passamos o tempo todo aprimorando esse trabalho. Caso eu seja eleito, seja qual for a próxima administração após a nossa, vai ter um caminho a seguir.

frase iraquetan 1

Blog do Amarildo – Como foi feito esse planejamento?

Foi feito junto com lideranças e pessoas da comunidade. Então temos as repostas para as principais demandas locais.

Blog do Amarildo – Como morador, qual seria o maior desafio de Valparaíso?

São muitos, mas a falta de segurança chama atenção. A Justiça na cidade não funciona bem porque faltam profissionais e órgãos de segurança. Por isso, há tanta violência. Os processos atrasam porque não há gente para trabalhar. Com todos os órgãos funcionando, os processos serão mais rápidos e vamos precisar de um novo presídio, mas os presos em nosso projeto vão trabalhar para gerar renda. Mas antes mesmo dessa proposta, nossa intenção é oferecer empregos e educação para que diminua a violência. É necessário o maior número de pessoas produzindo e com bons salários, aí teremos menos violência.

 Blog do Amarildo – E a infraestrutura?

Uma cidade com orçamento de mais de 500 milhões não pode manter ruas esburacadas o ano todo, não há praticamente áreas de lazer. A população merece mais atenção.

Blog do Amarildo – O senhor diria então que a atual gestão falhou nisso?

Não quero avaliar a atual gestão nem as passadas. Mas a falta de liderança na cidade é notável.

Blog do Amarildo – A briga entre os políticos tradicionais da cidade para o cargo de prefeito atrapalha ou ajuda?

Nenhuma liderança tem o nome consolidado a ponto de ganhar as eleições antes mesmo da disputa. Por isso, todos estão no mesmo páreo. No entanto, há possibilidade de união entre muitas lideranças daqui há algumas semanas. Isso vai facilitar a escolha dos eleitores. Acredito que a disputa vai ser limitada a três ou quatro candidatos com chances.

Blog do Amarildo – Depois de afirmar que não entraria na disputa da reeleição, acredita que a atual prefeita, Lucimar Nascimento, vai ficar de fora dessa briga?

Acredito que ela será candidata. Não há um substituto ideal para o grupo da prefeita, e por isso, ela deve voltar atrás.

Blog do Amarildo – Caso seja eleito, qual o caminho tomar, já que pouca coisa funciona bem na cidade hoje?

É preciso valorizar o servidor, que está lá dentro da prefeitura. Antes de colocar qualquer projeto em prática, é preciso ter um grupo de pessoas que possa fazer um bom trabalho, que sejam valorizadas. E esse grupo chama-se servidores, além dos terceirizados, claro.

PUBLICIDADE

DROGARIA FELIX

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*