Prefeitura de Valparaíso dá mais um passo para obter os R$ 116 milhões para o bairro Anhanguera

A Prefeitura de Valparaíso de Goiás e o Ministério das Cidades celebraram na última terça-feira (27) o convênio para a realização do projeto de saneamento integrado do Complexo Anhanguera, que na prática, dá mais um passo para a obtenção junto ao Governo Federal para a liberação da verba de R$ 116 milhões para a infraestrutura do bairro Setor de Chácaras Anhanguera.

A cerimônia foi realizada na Faculdade Sena Aires – FACESA, e contou com a presença do prefeito Pábio Mossoró e do Ministro Alexandre Baldy. O convênio determina que, para a fase de desenvolvimento do projeto de saneamento integrado, seja investido o valor de R$ 1.325.827, 26.

A execução da obra da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) é de fundamental importância para que as sonhadas ações de infraestrutura urbana saiam do papel. “Este projeto de saneamento é prioritário. A partir da assinatura do convênio, ele passa a ser viável e poderá ser executado pela Saneago, com o suporte dos governos Municipal, Estadual e Federal”, afirmou o prefeito Pábio Mossoró.

Bairro é um dos mais carentes da cidade e precisa de infraestrutura. Moradores aguardam ansiosos pelo recurso

O projeto de infraestrutura e saneamento integrado do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) destinará ao todo R$ 116 milhões para investimento em asfalto, rede de águas pluviais, de esgoto e calçadas em todo Setor de Chácaras Anhanguera (A-B-C). O objetivo é dar uma solução definitiva para os problemas de infraestrutura existentes nos bairros já citados.

Depois da assinatura do convênio, o prefeito Pábio Mossoró explicou que o próximo passo agora para a liberação da verba junto ao Governo Federal é concluir o projeto de saneamento e em seguida fazer alguns estudos finais e o processo licitatório. Paralelamente, a Saneago está fazendo no Novo Gama uma estação de tratamento de esgoto, que vai atender aos dois municípios, e que também é peça chave para a liberação dos R$ 116 milhões.

 

(Texto: Redação/Blog do Amarildo com colaboração/Ascom/Prefeitura de Valparaíso de Goiás)

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*