Programa do Governo de Goiás vai liberar R$ 20 mil para entidades sociais em Valparaíso

Com a presença de vários moradores e lideranças locais e do vice-governador José Eliton, além do prefeito Pábio Mossoró, foi lançado nesta quarta feira (25), no clube Celefa, no bairro Jardim Céu Azul, em Valparaíso de Goiás, a nova etapa do programa de desenvolvimento Goiás na Frente. Desta vez, a proposta é atender a investimentos em infraestrutura, aquisição de equipamentos, reformas e apoio a projetos de entidades do chamado Terceiro Setor.

Ginásio ficou lotado para a apresentação: presença também de vários secretários do Executivo local

Na prática, entidades assistencialistas de Valparaíso podem obter, por meio do programa, até R$ 20 mil, de forma parcelada, para ser empregados em investimentos para melhorias físicas dessas instituições. Para isso, seus representantes precisam fazer um cadastro na Secretaria de Desenvolvimento Social, no Jardim Céu Azul.

O presidente de cada entidade precisa levar documentos pessoais, CNPJ da instituição, endereço e o histórico da organização filantrópica.

O prefeito Pábio Mossoró, com a vice, Dra Zeli

Feito isso, a Agência Goiana de Habitação (Agehab) procederá uma triagem entre os cadastrados e no mês de dezembro divulgará o nome das instituições contempladas. A partir dessa época as entidades passarão a receber a verba, que será parcelada.

Outra vertente do programa é a liberação de R$ 3 mil para quem tem na família pessoas com alguma deficiência física. O dinheiro, neste caso, seria destinado a obras de adaptação nos domicílios de forma a atender às necessidades da pessoa deficiente.

Embora o foco da reunião fosse social, não faltaram elogios ao vice-governador, ao prefeito Pábio Mossoró e ao governador Marconi Perillo e seu vice, José Eliton, que coordena do Goiás na Frente. Pábio, em seu discurso, citou a importância da parceria com o Governo de Goiás, com a secretaria de Cidadania, Lêda Borges, assim como deputados e senadores que compõem seu grupo político. “Sozinho não sou ninguém, mas em grupo podemos fazer mais pela cidade”.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*