Reforma de igreja no Guará 2 vira tema polêmico no Guará

A reforma da igreja Tenda da Libertação, que tem sede no Guará 2 e fica em área pública, é a nova polêmica na cidade. Por lá, uma grande reforma em alvenaria está sendo promovida pela direção da igreja, o que inclui piso, paredes e telhado, além de uma robusta infraestrutura. Até então, o local era uma construção improvisada, e durante muitos anos os fiéis congregavam em baixo de uma tenda, daí o nome Tenda da Libertação.

Na noite da última sexta-feira (20), no grupo de WhatsApp Parceiros do Guará HOJE, o assunto foi a bola da vez. Por lá, dois participantes iniciaram a conversa, questionando a legalidade da reforma. Não demorou muito o assunto ganhou coro no grupo, o qual participa ainda o novo administrador regional, Luiz Carlos Delfino. Como é integrante novo do grupo, Delfino apenas se apresentou e preferiu não comentar o tema. Mesmo assim, alguns integrantes o instigaram a falar.

No início da tarde deste sábado (21), a reportagem do Blog do Amarildo esteve no local, mas não havia ninguém trabalhando. No lugar, dá para ver a ‘grandeza’ da reforma. O espaço, de pelo menos 800 metros quadrados de construção, inclui tudo novo. Por ali, todo o mobiliário antigo foi retirado, dando lugar apenas a materiais de construção e a movimentação dos operários, que hoje, estavam de folga.

Estrutura robusta chama atenção de quem passa por perto da obra

Na frente da igreja, não é possível ver nenhuma placa que indica algum engenheiro responsável ou arquiteto. Também não se sabe até agora as condições da obra, se tem alvará ou não.

Algumas lideranças que discutiram o tema foram localizadas neste sábado pela reportagem. Maria Leodenice, que faz parte do Rotary Clube, disse que não vê problema na construção, mas que no Guará, não pode haver dois pesos e duas medidas. “Tem muita gente que tem suas construções derrubadas em área pública, mas porque uma igreja pode levantar uma obra daquela magnitude sem ser incomodada”, questionou.

Reforma é completa, incluindo piso, paredes e telhado

Já outros integrantes preferiram enaltecer o trabalho do pastor que comanda a Tenda da Libertação. “Faz um trabalho exemplar”, disse um deles.

Por ser feriado, a Administração do Guará está fechada, e somente na segunda-feira (23), a assessoria de imprensa deve se pronunciar. Um e-mail foi enviado para a ADM, questionando a situação. Assim que a reportagem tiver resposta, a texto será atualizado.

PUBLICIDADE

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*