Rodrigo Delmasso afirma ser um dos “padrinhos” do Guará

IMG_5237Com o objetivo de se aproximar da comunidade do Guará e receber as demandas pessoalmente, o deputado Rodrigo Delmasso (PTN) abrirá escritório político na cidade a partir de julho. Único morador do Guará eleito para mandato na Câmara Legislativa, o distrital afirma que pretende defender a região em seus projetos e investimentos.  O parlamentar afirma que dará plantão no “gabinete” local. O espaço e horários de funcionamento ainda não foram definidos.

Veja abaixo entrevista exclusiva concedida por Delmasso ao jornal GuaráHOJE/Cidades e ao Blog do Amarildo.

GuaráHOJE/Cidades – Houve um crescimento expressivo de votos em sua campanha, especialmente no Guará, como foi seu trabalho político antes de chegar à Câmara?

Lancei em 2007 um movimento chamado Brasília Contra a Pedofilia, que era um movimento social em que visitávamos as escolas e a comunidade para fazer palestras de conscientização e combate à pedofilia. Fiz esse trabalho no Guará, visitando algumas escolas. Muitos amigos da igreja são do Guará. Então, o crescimento que tive na cidade foi fruto do movimento e da base das três igrejas no Guará.

GuaráHOJE/Cidades – O movimento contra a pedofilia trouxe resultados sociais?

Conseguimos recuperar crianças, adolescentes. Fizemos denúncias ao Ministério Público, que culminaram na prisão de pedófilos em 2009. Com um grupo de psicólogos e advogados a gente faz um tripé. Conscientiza, orienta e denuncia. Fui capa de um jornal denunciando alguns livros paradidáticos, que ensinavam uma criança de 9 anos a como manter uma relação sexual.

 GuaráHOJE/Cidades – Como o senhor acha que deve atuar em relação às expectativas de mudança cobradas da Câmara Legislativa pela comunidade?

Vejo que a Câmara Legislativa começou de um modo diferente. Primeiro, a presidente Celina Leão tomou uma atitude importante que é levar a Câmara para perto do povo. Obviamente, esta é uma Casa política e tem pessoas que defendem a manutenção de algumas situações. Mas os parlamentares novos que chegaram, particularmente com todo gás para trabalhar. Basta ver o  nível de presença em plenário, comissões, reuniões. Da minha parte, esse sentimento de mudança vai ser cristalizado, colocado em prática.

GuaráHOJE/Cidades – Como o senhor avalia a postura mais crítica ao GDF da atual base aliada na Câmara?

Base consolidada, na minha avaliação, é ter um parlamentar que esteja disposto a contribuir com o governo em busca de soluções. Mas, muitas vezes, se acha que a base consolidada é bater o carimbo naquilo que o governo encaminha. Por exemplo, mesmo sendo da base, não votei o aumento de impostos, por dois motivos. O pacote de medidas não ia impactar imediatamente e teria alternativas, como o enxugamento da máquina não apenas nos comissionados e na racionalização dos contratos.

GuaráHOJE/Cidades – O senhor se posiciona contra a fusão
de algumas administrações regionais. O governo afirmou que isso traria economia, como o senhor avalia?

O projeto não traz economia. Na minha avaliação, a administração regional é o braço do Estado perto do povo. O administrador funciona quase como um prefeito. Por que mexer no órgão que fica perto da população e recebe as demandas? A característica do SIA, por exemplo, é diferente do Guará. Mas defendo a fusão das administrações de Brasília, Lago Norte e Lago Sul porque o Estado está mais próximo.

GuaráHOJE/Cidades – Como parlamentar, o que o senhor pode contribuir com o Guará já a partir deste primeiro ano?

Primeira coisa é melhorar a mobilidade no Guará, principalmente no transporte público. Temos duas estações do metrô na cidade, mas não temos uma linha de integração. O Polo de Moda fica muito alijado da questão do transporte.  Precisamos melhorar a quantidade de ônibus e as linhas. Além disso, o Guará merece ter um sistema de saúde pública de qualidade. Defendo a construção de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

GuaráHOJE/Cidades – Em que áreas do Guará o senhor pretende investir suas emendas parlamentares neste ano?

São pelo menos três áreas: Saúde, Infraestrutura e Educação. Tenho o compromisso social em destinar emenda para reforma e ampliação do Centro de Ensino Especial do Guará, além da pavimentação asfáltica e da questão da manutenção das ruas da cidade. Parte das emendas, vamos discutir com a comunidade, qual centro de saúde precisa ser reformado.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*