Guará – Rollemberg visita escola técnica mais uma vez e garante inauguração para julho

A informação de que no segundo semestre de 2017, o Centro de Educação Profissional Articulado do Guará Professora Teresa Ondina Maltese(escola técnica), localizado no Guará II, já oferecerá cursos do Pronatec à comunidade foi dada pelo governador Rodrigo Rollemberg na última terça-feira, 23, por ocasião do café da manhã oferecido aos trabalhadores da obra, com o objetivo de dar mais um gás na parte final dos acabamentos. “Vamos com tudo. Em julho esta obra será entregue”, incentivou Rollemberg.

Com 24 salas de aulas, auditório, biblioteca digital com elevador, ginásio de esportes para múltiplas atividades esportivas; acessibilidade em toda a escola, estacionamentos internos para carros, ônibus e bicicletas; sistemas de captação de água da chuva; cozinha e refeitórios; laboratórios de Biologia, Multimídia, Física, Química, Matemática entre outros a Escola Técnica do Guará é a obra mais moderna de unidade escolar a ser inaugurada no governo Rollemberg. Outra novidade anunciada foi a construção de um novo prédio que irá abrigar o Centro de Línguas do Guará (Cilg) na área localizada entre o atual CED 02 e a futura creche. Segundo a Coordenação Regional de Ensino serão mais 20 salas de aulas, que dobrará a capacidade de atendimento que hoje é de três mil e quatrocentos alunos para acima de cinco mil. O início da obra anunciada   está previsto para 2018.

Visita foi acompanhada por secretários e lideranças locais

Vou de Bike

Para o próximo ano, as ofertas de vagas chegam a dois mil alunos do Ensino Médio que poderão optar por vários cursos técnicos. “Não vamos obrigar a nenhum jovem ou adolescente a estudar nesta escola. Ele terá que optar por um futuro com capacitação profissional. Este modelo de inúmeras disciplinas no ensino médio já está ultrapassado. Um novo modelo pedagógico será implantado aqui. É hora de focar no futuro. Todas as escolas do Guará são interligadas por ciclovias e os estudantes poderão vir de bicicleta. A escola mais longe é a 17 minutos daqui vindo de bike”, esclareceu o secretário de Educação, Júlio Gregori.

Com o prazo da obra estendido para entrega por mais de oito meses, a obra da escola técnica teve início debaixo de muita polêmica por parte da vizinhança que não aceitava a unidade escolar no local que possui uma ótima localização e espaço. Segundo o professor Afrânio Barros coordenador da Regional de Ensino do Guará, a comunidade foi agraciada com uma escola para futuras gerações. “É motivo de festa para nossa comunidade escolar. As futuras gerações serão beneficiadas e os cursos profissionalizantes trarão um diálogo com o setor produtivo. A comunidade teve uma opinião equivocada no início e temos que desmistificar isto”, alertou o professor. As professoras Verônica Portácio e Tereza Cristina Levy já foram nomeadas como diretora e vice respectivamente e estão nos preparativos finais para a inauguração. (Texto e foto principal de Zuleika Lopes, com foto secundária de Joel Rodrigues)

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*