SAÚDE-DF registra 46 suspeitas de dengue nas duas primeiras semanas de 2018

 Brasília teve 46 suspeitas de dengue registradas até 13 de janeiro, último dia da segunda semana epidemiológica de 2018. São 41 moradores locais e cinco residentes em Goiás.

No mesmo período, em 2017, foram 103 casos prováveis. O comparativo mostra queda de 55,34%.

As ocorrências ficaram distribuídas por Águas Claras (1), Ceilândia (1), Gama (2), Guará (1), Itapoã (3), Lago Norte (1), Lago Sul (1), Paranoá (6), Planaltina (9), Riacho Fundo I (1), Riacho Fundo II (1), Samambaia (2), Santa Maria (1), São Sebastião (2), Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (2), Sobradinho (1) e Taguatinga (6).

Assim como em 2017, não houve registro de morte por dengue na cidade nas duas primeiras semanas do ano.

A febre chikungunya e o zika vírus, doenças transmitidas pelo mesmo vetor da dengue, o mosquito Aedes aegypti, tiveram um e dois casos registrados, respectivamente. A chikungunya foi no Riacho Fundo II, assim como um dos casos de zika – o outro ocorreu no Paranoá.

Os dados são do Informativo Epidemiológico nº 3 de 2018, divulgado pela Secretaria de Saúde nesta quarta-feira (17).

 

Fonte:Agência Brasília / Foto: Reprodução da Internet

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*