Semana do Cerrado é aberta com mensagem de preservação

Na manhã do último domingo (8/9), a pequena Isadora saiu da sua casa, na Octogonal, para ir ao Jardim Zoológico de Brasília. Animada, ela carregava uma sacola com produtos eletroeletrônicos que seriam trocados por um brinde. Ao entrar na Estação de Metarreciclagem da ONG Programando o Futuro, entregar os produtos e receber uma sacola de pano, os olhos curiosos procuraram o que havia dentro – uma caderneta, lápis de colorir e um copo retornável.

Seu pai, o autônomo Fausair Scatolin, disse que o domingo foi especialmente reservado para o programa. Há tempos ele aguardava uma oportunidade de fazer o descarte correto de itens do tipo. “A gente sempre tem lixo eletrônico e não sabe o que fazer com ele”, disse. Isadora gostou da experiência, pois no lugar de uma coisa que não funciona recebeu outra “muito legal”.

A coleta faz parte da programação da Semana do Cerrado, cujo dia é comemorado em 11 de setembro. O evento foi aberto no zoo pelo secretário de Meio Ambiente do DF, Sarney Filho, e pela diretora-presidente da instituição, Eleutéria Pacheco. De acordo com ele, é preciso conhecer o cerrado para preservá-lo.

“O bioma sofre muita pressão. Nós temos uma responsabilidade muito grande para cuidar dele e garantir não somente o uso da água para a cidade de Brasília, mas para as bacias do Brasil para as quais a água do Cerrado escorre”, afirmou.

Presente em 13 estados brasileiros, o Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil, superado apenas pela Amazônia. Marcado pela diversidade biológica, já perdeu 50% da sua cobertura natural e requer esforços concentrados em torno de sua preservação.

Atividades circenses e diversas outras animaram a abertura do evento | Foto: Divulgação / Sema

Para Eleutéria, o zoológico se empenhou para oferecer uma programação diversificada e informativa ao público. “Pequenas atitudes geram grandes contribuições à preservação do nosso bioma”, enfatizou.

O pequeno João Guilherme deu sorte. Ainda era bebê quando foi pela última vez ao zoológico. Hoje, o empresário Fabiano Rodrigues Silva, 38, levou o filho para comemorar o aniversário no espaço. Eles não sabiam da programação alusiva ao Cerrado e se divertiram com a apresentação circense.

“Gosto de estar aqui na natureza. Nasci na roça e esse lugar me faz lembrar das origens”, afirmou Fabiano, para quem aprender sobre o Cerrado é importante também para que ele possa repassar o aprendizado a João Guilherme.

Para criança ouvir

Outra atração que encheu os olhos das crianças foi a contação de histórias do grupo Paepalanthus. Composto por cinco mulheres professoras ou aposentadas da Secretaria de Educação, elas participaram do evento de forma voluntária para contribuir com a mensagem de preservação do Cerrado, principal objetivo da semana, principal objetivo da semana de celebrações que se estendem até o dia 14. Paepalanthus é o nome científico da sempre-viva, espécie muito comum na flora do Cerrado.

Katia Francisca Lima, 32, escolheu o zoológico para passar o domingo com dez familiares, incluindo seis crianças. Ela procurou o Teatro de Arena depois de saber da abertura da Semana do Cerrado e não se arrependeu.

“Estamos gostando demais. E aproveitando para saber mais do lugar onde moramos”, disse. Há nove anos ela deixou Januária, município de Minas Gerais, para buscar melhores oportunidades do Distrito Federal.

Espaço foi restaurado especialmente para receber o público | Foto: Divulgação / Sema

O Zoológico preparou apresentações artísticas, oficinas, exposições de fotos, pinturas, tudo com apoio com o apoio da Polícia Militar Ambiental, da Caesb, da Polícia Civil do DF, do Corpo de Bombeiros do DF, da Emater, da Embrapa Cerrados, do Brasília Ambiental, da UnB e do SLU. Haverá também atividades circenses, teatro e brincadeiras com fantoches.

Também chamou a atenção do público a Exploração pelo Mundo Animal por sete tendas temáticas (carnívoros, savana, aves e tráfico de animais, herbívoros, répteis e América), com amostras de espécies e informações sobre reabilitação de animais pelo Zoológico.

O evento

Coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema), conta com a parceria de diversos órgãos do governo do Distrito Federal, Embaixada da Bélgica, do setor produtivo e da sociedade civil organizada, com o objetivo de promover a conscientização ambiental da população sobre a importância do bioma do Cerrado. Com o tema Cidades Sustentáveis este ano, a Semana do Cerrado foi instituída e incluída no calendário oficial de eventos do DF, em 2012.

Acesse aqui a programação completa.

 

* Com informações da Secretaria de Meio Ambiente

 

Fonte: Agência Brasília / Foto: Divulgação/ Sema

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*