SUPOSTA PROPINA NA CLDF – Celina Leão divulga nota e acusa Liliane Roriz de distorcer gravações para prejudicar Mesa Diretora

Após a intensa repercussão das acusações da distrital Liliane Roriz (PTB), que entregou áudios ao Ministério Público para investigação sobre suposta propina cobrada pela Mesa Diretora para liberar verbas para pagamentos a empresas prestadoras de serviços na área de Saúde (segmento em crise na capital federal), a Mesa Diretora, encabeçada pela presidente da Casa, Celina Leão (PDT), acaba de divulgar nota nesta noite de quarta-feira (17/8),  onde tenta esclarecer que aprovou Projeto de Emenda Aditiva, proposto pela própria deputada Liliane Roriz, que destina recursos para a Saúde, e que o assunto nada tem a ver com proprina.

Segunda a nota, os áudios divulgados, hoje, pela imprensa estão evidentemente editados e as conversas estão fora de contexto. A Mesa ainda afirma que os deputados cumpriram com seu dever de legislar, que rejeita qualquer acusação de prática de ato ilícito e que confia nas investigações para a apuração da verdade.

Ainda de acordo com o documento, a deputada Liliane Roriz está sendo investigada pela Mesa Diretora da Câmara, podendo sofrer a perda do mandato em três processos pela prática de atos ilícitos e quebra de decoro parlamentar.

A reportagem do Blog do Amarildo ligou para a  assessoria de Liliane Roriz, mas não conseguiu contato para falar sobre o tema. Assim que tiver retorno, o texto será atualizado. (Foto: Assessoria/Celina Leão)

PUBLICIDADE

IMG-20160408-WA0004

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*