TRANSPORTE PÚBLICO – DFTrans começa a entregar Passe Livre Estudantil

passe-estudantil-1_1_654

Quem não perdeu tempo para se cadastrar ao Passe Livre Estudantil já começou a receber seu cartão – no caso dos novos usuários – ou a garantir os acessos para o atual ano letivo. O DFTrans (Transporte Urbano do Distrito Federal) começou a convocar os estudantes que inscreveram seus dados e documentação no Site www.passelivreestudantil.df.gov.br na última segunda-feira. Até agora, foram aprovados cerca de 36 mil processos. A partir desta quinta-feira (24), alunos que receberam o comunicado do DFTrans receberão o benefício. Os novos cartões serão entregues na Rodoviária do Plano Piloto.O DFTrans já bateu a marca de 120 mil cadastros ao Passe Livre Estudantil recebidos. O cadastramento vai até o dia 1º de abril, e o órgão lembra aos estudantes que, quanto antes entrarem no site www.passelivreestudantil.df.gov.br e enviarem seus dados, mais rapidamente terão seu processo analisado.

 “Nenhum aluno das instituições de ensino do DF que tiver direito ao benefício ficará sem obtê-lo. Mas nós pedimos para que não deixem para a última hora, a fim de que a análise de cada um seja logo concluída”, ressalta Léo Carlos Cruz, diretor-geral do DFTrans.

O cadastro do Passe Livre Estudantil é realizado exclusivamente pela internet. Em média, os estudantes levam, segundo dados levantados pelo DFTrans, de cinco a oito minutos para finalizar a inscrição. E duas fortes aliadas de quem ainda vai fazer o cadastro são a leitura detalhada de todas as informações no site e a organização.

 

“Antes de iniciar de fato o processo, digitalize os documentos pedidos, inclusive a foto, e salve em uma pasta organizada. Se tiver mais de um filho, utilize uma pasta por criança, e termine o cadastro da primeira antes de começar outra”, recomenda Luciano Helou, diretor de Tecnologia de Informação do DFTrans.

O Passe Livre Estudantil é uma vitória do estudante brasiliense. O benefício garante o deslocamento dentro do DF para quem é matriculado em instituições de ensino superior, médio e fundamental da área urbana. Vale também para alunos de cursos técnicos e profissionalizantes com carga igual ou superior a 200 horas-aula, reconhecidos pela Secretaria de Educação ou pelo Ministério da Educação, e de faculdades teológicas ou de instituições equivalentes que residam ou trabalhem a mais de um quilômetro de onde estudam.

Outra vitória foi a confirmação dos CIL na lista das entidades de ensino. Quem estuda exclusivamente nos centros de ensino pode fazer o cadastro diretamente no site. Alunos da rede pública do DF, entretanto, não precisam se preocupar, pois as viagens adicionais serão inseridas nos cartões automaticamente, graças a uma parceria entre o DFTrans e a Secretaria de Educação do DF.  “Tudo está sendo feito de maneira responsável, com vistas a garantir ao estudante de Brasília que tem direito ao Passe Livre Estudantil que tennha seu transporte assegurado”, conclui Léo Carlos Cruz, diretor-geral do DFTrans.

(Esta reportagem é uma colaboração da Ascom/DFTrans, com foto reprodução/Google)

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*