Valparaíso – Candidatos a vereador deixam projeto de Yvelônia para seguir Pábio Mossoró

Insatisfeito com mudanças no meio do curso após republicana abraçar causa de Lêda Borges, pelo menos seis postulantes ao legislativo de Valparaíso ‘chutam o balde’ e agora estão no grupo do candidato à reeleição Pábio Mossoró

Por Amarildo Castro – Continua dando o que falar a disputa acirrada entre Pábio Mossoró (MDB) e Lêda Borges (PSDB) em Valparaíso de Goiás, cidade com quase 200 mil habitantes e uma das principais no Entorno de Brasília. A última notícia foi a confirmação da debandada de um grupo de ao menos 8 candidatos a vereador que deixaram o projeto da republicana Maria Yvelônia, que agora faz composição em chapa majoritária com Lêda Borges.

Na manhã da última segunda-feira, 26, dois desses candidatos falaram com a reportagem do Blog do Amarildo e demonstraram insatisfação com a agora vice de Lêda Borges, e por isso, preferiram abraçar a causa do mdbista Pábio Mossoró. “Nosso projeto inicial era de uma renovação completa, onde a Yvelônia era nossa cabeça de chapa, mas do nada, praticamente de última hora antes das convenções, a nossa então pré-candidata, após uma reunião sem nos avisar com Lêda Borges tomou essa decisão sem nosso consentimento”, explicou o candidato a vereador Zé Iran. Ele é um dos 8 ex-aliados de Yvelônia que agora faz campanha para Pábio Mossoró. Ele explica que diante da situação vê na chapa de Mossoró e Dra Zeli a melhor opção para a cidade. “É humilde e trabalhador, merece”, disse.

O candidato a vereador Zé Iran é um dos oito postulantes ao Legislativo que deixaram o grupo de Yvelônia após ida da republicana para o grupo de Lêda

Outro que falou com a reportagem foi Sadan do Bem, que também concorre a uma vaga para o Legislativo. “Fomos pegos de surpresa antes das convenções, não esperávamos essa postura da Maria Yvelônia, que desde o início de seu projeto falava em total renovação para a cidade, e foi por isso que abraçamos a causa dela. Diante da situação, da ida dela para o grupo de Lêda, nos sentimos constrangidos e chateados, comentou. Ele emendou que Pábio Mossoró vai quebrar o paradigma de que Valparaíso não reelege prefeito.

À reportagem do Blog do Amarildo Yvelônia afirmou que “quanto a situação apresentada, estou como presidente do Republicanos de Valparaíso, e mesmo tendo autonomia de decisão quanto ao partido, sempre tomei as decisões de forma dialogada e esta forma de caminhar na coligação Juntos por Valparaíso também foi dialogada. Situação que já foi apresentada em outros veículos de comunicação por membros da executiva e por vereadores que confirmam o diálogo sempre presente em nossas decisões. Quanto a dois dos candidatos terem a decisão de caminhar em outra coligação acredito que possuam seus motivos pessoais. O Republicanos segue firme na convicção de construção de um projeto político que atenda as necessidades da população”, encerra.

Abaixo, santinhos de alguns dos candidatos que debandaram para o lado de Mossoró.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*