Bianco Ristorantino, Seu cantinho da Itália em Goiânia

Compartilhe nosso Trabalho
Inauguração do Bianco Ristorantino: um cantinho da Itália em Goiânia, será nesta sexta-feira (27)

Roma, cidade que contempla uma história visível, com suas ruas charmosas, praças e palacetes deslumbrantes. A capital italiana é o epicentro da alta gastronomia e essa foi uma das inspirações que fez nascer o Bianco Ristorantino. Os amigos, e agora sócios, Dennis Nazário e Fabiano Vaz, após viver experiências através de suas viagens, principalmente para a Itália, decidiram empreender mais uma vez, mas agora o sonho iria muito além e sairia do comum. Fabiano, que hoje está à frente do Madalena Gastrobar, com toda sua experiência de bar, restaurante e gastronomia já desenhava este sonho há quase dois anos. Dennis, a frente do Sky Gurume Rooftop, após suas três idas a Itália, já sonhava com um verdadeiro Italiano em Goiânia.

O sonho se tornou realidade e quem visitar o Bianco poderá desfrutar de uma imersão italiana, no coração de Goiânia. A mesma inspiração também foi um ponto forte para a construção da arquitetura, desenvolvida pela empresa paulista IMÃ Brands, dirigida pelas sócias Barbara Bacchi e Vick Bacchi, para construir o Bianco Ristorantino. O restaurante chega para proporcionar uma experiência teatral e gastronômica da “Cidade Eterna” em Goiânia e funcionará das 11h as 00h, de terça a domingo. Tá a fim de comer um docinho italiano e tomar um café? Ou precisa fazer uma reunião e gostaria de apreciar um bom vinho italiano acompanhado de uma boa massa?

O Bianco estará aberto, pronto para te receber. Localizado no polo gastronômico, no setor Marista, a arquitetura trouxe para este projeto a inspiração dos minis palacetes de verão de Roma, com suas fontes de água na entrada e as famosas árvores típicas da cidade. Toda a paleta de cores é voltada para tons característicos da Itália, uma verdadeira imersão do cliente ao país. O sócio e chef, Fabiano Vaz, junto com o experiente chef Eder Pereira, propõe uma cozinha clássica e ousada, com preparo de verdadeiras receitas italianas e ingredientes frescos, onde os principais pratos do cardápio são: Focaccia Romana, Burrata Crocante, Crudo de Peixe e Boi, Risotto Frutti di Mare, Carbonara Clássica, Risotto com Ossobuco e muito mais.

“No Bianco a ideia é tentar fazer com que o cliente consiga adentrar na cultura italiana, desde o ambiente que criamos até o atendimento e a comida. A cozinha italiana é sazonal, com sabores leves e produtos extremamente complexos, aqui usamos muitos condimentos importados da Itália, como azeites, queijos e vinagres. E alimentos regionais frescos como peixes, frutos do mar e carnes. Isso faz com que nossa cozinha tenha uma certa brasilidade também”, descreve o chef. Como diz a máxima italiana que destaca o prazer nas refeições, Mangia che te fa bene! Sim, o Bianco Ristorantino prima por sua supremacia no quesito culinária, mas não é só sobre isso, para quem visita o local pela primeira vez, conhece uma verdadeira experiência sensorial e cultural. Além de uma riquíssima e completa “Biblioteca do Vinho”, disponível para os apreciadores e curiosos deste mundo tão mágico, que são os vinhos. Já na entrada principal do Bianco, uma biblioteca lúdica, feita com a curadoria de um sebo em São Paulo, onde o cliente terá acesso a livros italianos raríssimos.

“A ideia é que a pessoa quando for ao restaurante possa comer bem, beber bem, ter uma experiência diferente em cada canto do restaurante. Ela vivenciará uma atmosfera italiana diferente em cada visita”, explica Bárbara. As cores do Bianco também são as cores das ruas de Roma, com um tom de terra nas paredes e contrastes do vermelho cereja. As louças lembram as usadas casas das nonas, com peças autênticas de antiquários de São Paulo. Já os quadros espalhados pelo salão retratam uma natureza morta – gênero artístico que inclui objetos e fotografias. São figuras representativas como a de Leonardo da Vinci e outras referências italianas. O andar superior traz um ar mais intimista, com um clima teatral. Referências clássicas que trouxeram a história do teatro. Na parede, pintada à mão está a Pinus Pinea, conhecida como Pino Domestico – árvore típica de Roma, a cidade mais verde da Europa. 
Fotógrafo: Téo Lima
O restaurante chega para proporcionar uma experiência teatral e gastronômica da “Cidade Eterna” em Goiânia e funcionará das 11h as 00h

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*