VALPARAÍSO – Recomposição do quadro da prefeitura após eleições deverá ser preenchido gradativamente

Compartilhe nosso Trabalho

Muitos dos terceirizados exonerados em dezembro de 2020 cobram do prefeito Pábio Mossoró a realocação, no entanto, com a despesa dos pagamentos das exonerações, quadro deverá estar completo entre março e abril

Por Amarildo Castro – O assunto sempre é comentado na cidade após as eleições, quando a Prefeitura de Valparaíso  de Goiás irá preencher seus quadros com a mão de obra terceirizada, que antes eram mais de 400 pessoas? A resposta veio na manhã da última segunda-feira, 1º, durante sessão especial na Câmara de Vereadores da cidade, quando em rápida entrevista ao Blog do Amarildo o prefeito da cidade, Pábio Mossoró (MDB), afirmou que é preciso um processo gradativo para que isso seja feito devido ao processo burocrático e à alta despesa causada pelos pagamentos dos direitos trabalhistas. Resolvida a primeira parte, as contratações começam entre fevereiro e março, mas de forma gradativa, garantiu.

O mandatário da cidade disse ainda, como já foi noticiado pela mídia, que o primeiro escalão já foi nomeado, assim como alguns cargos estratégicos, mas que o restante não foi possível resolver em janeiro porque a prioridade é o pagamento dos direitos trabalhistas, feito de forma parcelada, onde essa obrigação começa a ser paga agora na virada do mês.

Mossoró lembrou que os trabalhos da prefeitura, mesmo com limitações por falta de pessoal continuam normalmente, em alguns casos sem a mesma velocidade de antes devido a falta dos terceirizados, mas que o Executivo listou prioridades para que a cidade não seja prejudicada, e que a partir de fevereiro, a recontratação entra na lista das ações da prefeitura de forma gradativa.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*