Jovens de Brasília trocam as férias por voluntariado

22 estudantes realizam visitas, oficinas e ações durante o período

O mês de julho costuma ser esperado pelos jovens para o período de férias escolares. Há quase 20 anos, os dias de recesso têm outro significado para os estudantes do Ensino Médio do Marista Brasil. Eles trocam o descanso por atividades de voluntariado em comunidades com alguma situação de vulnerabilidade social. 

Os jovens são recebidos por educadores e alunos das unidades do Marista Escolas Sociais, que atendem gratuitamente 8 mil alunos, em 18 escolas localizadas em áreas de vulnerabilidade social. De Brasília, partem 22 alunos do Colégio Marista Asa Sul. “É importante oferecer ao jovem a oportunidade do voluntariado porque é uma experiência única para vivenciar a autonomia, o trabalho, a independência e também praticar valores como a solidariedade, o respeito e amor ao próximo”, comenta Luiz Ricardo O’Donnel Timm, diretor do Marista Asa Sul. 

As Escolas utilizadas como referência para a Missão tornam-se espaço de aprendizagem e fortalecimento de vínculos para todos que participam da experiência. “O projeto tem como objetivo fomentar o engajamento social dos estudantes maristas a partir da ética cristã, despertando para o voluntariado e promovendo o encontro e o aprendizado sobre toda e qualquer garantia de direitos de crianças, adolescentes e jovens. Nessa semana, os estudantes vão conhecer, visitar e atuar em atividades que proporcionam bem estar e impacto positivo nas comunidades”, revela Matheus Henrique Alves, coordenador da área de evangelização do Marista Brasil.

Vivências em primeira mão

Dois alunos de Brasília contam suas expectativas para a viagem que acontece em breve:

“Estou há 11 anos no Marista e, mesmo já tendo vivenciado várias atividades extracurriculares que a escola proporciona, sei que a Missão Solidária Marista será uma oportunidade única e importante na construção do meu caráter. Espero poder conhecer e ajudar muitas pessoas, além de experimentar uma outra realidade e que isso possa me motivar a participar cada vez mais de ações semelhantes! ”, conta Pedro Araújo, estudante do 3º ano do Ensino Médio do Marista Asa Sul. 

“A missão solidária é algo que me encanta muito! Ano passado, tive vários amigos que vivenciaram essa experiência e voltaram completamente transformados. Não sei exatamente o que me espera, mas estou indo de coração aberto e cheio de alegria para o que Deus me mandar. Tenho certeza que será algo memorável e que transformará a minha forma de enxergar as coisas. Estou animado e muito feliz com a oportunidade!”, diz Hugo Pinheiro, do 3º ano do Ensino Médio do Marista Asa Sul. 

Missão Solidária Marista

Neste ano, cerca de 60 pessoas viajam para Florianópolis (SC) para participar na Missão Solidária Marista, entre os dias 15 e 21 de julho, que engloba visitas comunitárias, oficinas de recreação com crianças e ações de gesto concreto realizar atividades voluntárias.  

A iniciativa acontece anualmente, com os alunos dos Colégios Maristas, Escolas Champagnat e Marista Escolas Sociais. Ao todo mais de 20 cidades participam do projeto levando seus estudantes para realizar oficinas educativas e lúdicas, reformas e manutenções na infraestrutura de ambientes da comunidade.

O voluntariado contribui para a experiência de educação para a solidariedade, proposta que foi inspirada na Campanha da Fraternidade de 2024 e na frase do Papa Francisco: “Somente o rosto do outro é capaz de despertar o melhor em nós”. “A proposta é motivar a participação dos estudantes nesta experiência, a partir da cultura do encontro, como oportunidade de aprendizagem gerando engajamento solidário formando para o exercício da cidadania. A Missão Solidária Marista proporciona a vivência e o encontro de realidades distintas, que juntas conseguem encontrar um ponto de diálogo, apoio e solidariedade”, reflete Irmão Paulo Soares, gerente de Identidade, Missão e Vocação do Marista Brasil. 

Promovendo um gesto concreto

Além de momentos de partilha, visitas comunitárias, escuta e diálogo com os moradores, os jovens se reúnem para realizar melhorias em alguns ambientes. Em Florianópolis (SC) vão realizar  pintura de salas, portas, janelas e organização com equipamentos e móveis (da própria instituição), limpeza da Associação Evangélica Beneficente de Assistência Social, assim como organizar hortas comunitárias, hortaliças; e produção de salão e detergentes, além da melhoria no Asilo São Joaquim: pintura de sala e banheiros,quartos para ambientar (organização de bancadas, camas e outras pequenas manutenções). Além disso, os estudantes vão revitalizar os espaços com com manutenção de gruta (seixos marrons, estrada com britas e passadeiras de madeiras e cordas) e limpeza geral do espaço. 

Informações Missão Solidária 2024 – de 15 a 21 de julho

Florianópolis  (SC)

Total de jovens que participam: 60 aproximadamente

Local:Marista Escola Social Lúcia Mayvorne– Florianópolis-SC – Rua General Vieira da Rosa, S/N – Centro, Florianópolis SC

Gesto concreto:

Associação Evangélica Beneficente de Assistência Social – AEBAS – Pintura de salas, portas, janelas e organização com equipamentos e móveis (da própria instituição), limpeza, manutenção, etc.

– Ocupação Mariele Franco – Organização de horta comunitária com três canteiros de

hortaliças; e produção de sabão e detergentes.

– Asilo São Joaquim: Pintura de sala e banheiros, quartos para ambientar (organização de bancadas, camas e outras pequenas manutenções).

– Gruta e Área Ecológica (Marista Lúcia Mayvorne): Revitalização de espaço, com manutenção de gruta (seixos marrons, estrada com britas e passadeiras de madeiras e cordas) e limpeza geral do espaço (plantio etc.).

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*