LUZIÂNIA-GO / Carlos da Liga vence eleição antecipada e promete luta por nova sede da Câmara

Compartilhe nosso Trabalho

Em uma das eleições mais tranquilas da Câmara Municipal de Vereadores de Luziânia-GO, o parlamentar Carlos da Liga (DEM), da chapa “A união fortalece o Legislativo” venceu o pleito interno da Casa para à presidência da Casa de Leis, junto ao vice-presidente vereador Marcelo Meireles, tendo como 1° secretário o vereador Professor Marcus, 2º secretário vereador Andrezão, 1º suplente da mesa vereador Serginho do Meio Ambiente e 2º suplente da mesa vereadora Lena do Edgar.

A sessão ocorreu na manhã da segunda-feira, 3, quando 19 vereadores escolheram o nome de Carlos para continuar à frente da presidência do Legislativo, o que na prática, o manterá no comando da Câmara até o fim do vigente mandato de todos os 21 vereadores, pois para este ano, Carlos já havia sido eleito, assim, o próximo biênio também terá o parlamentar no comando.

Composição do mandato para o biênio 2023/2024: promessa de muito trabalho e luta por nova sede da Câmara

Antes de usar a tribuna, Carlos convidou os parlamentares para usar a palavra, quase todos saírem em defesa do vereador, com elogios para a nova mesa diretora para o próximo biênio, que tem o papel de contribuir com a sociedade de Luziânia e Distrito do Jardim Ingá, mantendo o espírito democrático da presidência da casa.

“Muitos vereadores chegaram pra mim elogiando sobre o trabalho que venho desempenhando, prezando sempre pela democracia”, lembrou Carlos da Liga.

Ao usar a tribuna, Carlos fez questão de dizer que uma de suas principais bandeiras para o resto do mandato será a construção de uma nova sede para a Câmara Municipal de Vereadores. “O terreno a prefeitura nos garante, mas os recursos, vamos buscar no âmbito federal, porque vai exigir um investimento maior”, citou.

De recesso, a Câmara retorna com suas sessões ordinárias no início de fevereiro, quando volta a debater e receber novos projetos de leis.

VEJA VÍDEO PRODUZIDO PELA REPORTAGEM

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*