No Rio, mulheres mastectomizadas fazer reconstrução de aréola por meio de tatuagem hiper-realista gratuitamente

Compartilhe nosso Trabalho
O tatuador Yurgan Barret oferece o procedimento em seu estúdio no Recreio dos Bandeirantes 
Chegamos ao Outubro Rosa, movimento mundial que visa alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Uma série de ações públicas e privadas são realizadas em todo planeta. Uma delas é o Y Rosa, que acontece de 25 a 29 de outubro.

O projeto criado com o propósito de relembrar a importância do diagnóstico precoce e ajudar mulheres que venceram o câncer de mama a ressignificarem suas dores e recuperarem a autoestima, já foi premiado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e oferece gratuitamente reconstrução de aréola por meio de tatuagem hiper-realista.
A sexta edição do Y Rosa acontece no Yurgan Tattoo Studio, localizado no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro. No projeto, o estúdio de tatuagem muda de cor para receber mulheres submetidas à mastectomia- retirada cirúrgica parcial ou total da mama para tratar o câncer- e que buscam a oportunidade de fazer gratuitamente a reconstrução da aréola por meio de tatuagem hiper-realista.

“Esse é um projeto que organizamos anualmente com muito carinho. Foi a forma que encontramos de usar a nossa arte para um bem maior. Em 2018 recebemos o prêmio de Cidadania pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e isso nos deu ainda mais energia para continuar”, afirma Anne, sócia do estúdio.

A iniciativa, idealizada pelo casal Yurgan e Anne Barret, busca reforçar a importância do diagnóstico precoce e ajudar mulheres que venceram o câncer de mama a ressignificarem suas dores e recuperarem a autoestima.
O câncer de mama é a neoplasia maligna mais incidente em mulheres na maior parte do mundo, pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando assim a possibilidade de tratamentos menos agressivos e com taxas de sucesso satisfatórias.

Estima-se que anualmente surjam 66 mil novos casos de câncer de mama e cerca de 30% destes casos podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como (INCA – 2021):o  Praticar atividade físicao  Manter o peso corporal adequadoo  Evitar o consumo de bebidas alcoólicaso  Amamentar seu bebêo  Não fumar e evitar o tabagismo passivo são medidas que podem contribuir para a prevenção do câncer de mama.

Todas as mulheres, independentemente da idade, devem ser estimuladas a conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres. Além disso, o Ministério da Saúde recomenda que a mamografia de rastreamento (exame realizado quando não há sinais nem sintomas suspeitos) seja ofertada para mulheres entre 50 e 69 anos, a cada dois anos.

Nesse cenário, o planejamento de estratégias de controle do câncer de mama por meio da detecção precoce é fundamental. Quanto mais cedo um tumor invasivo é detectado, maior a probabilidade de cura.
Pensando nisso, a cada ano, Yurgan e Anne colocam mais energia para fazer o Y Rosa crescer pois querem que mais mulheres se conscientizem da importância do diagnóstico precoce e descubram que após se curarem existe a possibilidade da tatuagem hiper-realista para elas se sentirem ainda mais completas e confiantes.

“Durante a campanha, nossa principal ação é a reconstrução de aréola por meio de tatuagem hiper-realista e a cobertura de cicatrizes com arte desenvolvida especialmente para a cliente. A cada reconstrução, a cada história compartilhada nos emocionamos e nos curamos juntos. Aprendi com o Y Rosa o quanto podemos encontrar na arte um processo de expressão, transformação e recuperação”, disse Yurgan, um dos top 10 tatuadores do Rio, conhecido por tatuar várias celebridades.

Neste ano, mesmo com a vacinação contra COVID-19, algumas atividades continuarão acontecendo exclusivamente pela internet para garantir a segurança das nossas convidadas. As palestras acontecerão pelo instagram do Studio e já tiveram participação confirmada de Maraisa Fidelis (@maraisafidelis), Paula Miranda (@planetapaulaa), P.A. (@paulo_alvarenga) e Juliana Ferrigno (@nutrijuferrigno) e Rose Oliveira do Instituto Vamos Vive (@institutovamosviever).

“Ficamos gratos em ver o Y Rosa crescer e ganhar parceiros. Isso nos enche de amor, nos motiva e contribui ainda mais para nosso maior desafio: fazer essa iniciativa chegar até quem precisa!”, diz Anne.

Zelia M. N. Souza participou da terceira edição do projeto. Ela relata que depois do procedimento sua autoestima levantou: “Participar do Y Rosa foi de muita importância. Fiz a reconstrução da aréola, que com certeza levantou minha autoestima, me deixou mais segura, confiante e bem mais feliz! Foi uma benção na minha vida pois era algo que me incomodava muito.”  O Y Rosa já atendeu centenas de mulheres de todo Brasil e este ano oferecerá gratuitamente junto com seus parceiros: o  Redesenho de aréola por meio de tatuagem hiper-realistao  Sobrancelhas realistas pela técnica de micropigmentação fio-a-fio com Maykelly Beautyo  Nail design com a famosa Márcia Camarao  Sessões de fotos com Murillo Melloo  Palestras motivacionais e grupos de discussão on-lineo  Brindes e sorteios para todas as inscritas.
  
Quem quiser mais informações ou fazer agendamento, pode se inscrever pelo site: www.yurgantattoo.com.br ou pelo instagram @yurgantattoo.

Texto e foto: colaboração da pr.comuniquese1
O casal Yurgan e Anne Barret: inciciativa pelo bem-estar das mulheres acometidas pelo câncer de mama

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*